You are here

António Costa anuncia interrupção de todas as atividades letivas nos próximos 15 dias

Após o Conselho de Ministros, o primeiro-ministro justificou o agravamento das restrições com o crescimento acentuado da prevalência da estirpe britânica do coronavírus em Portugal. Lojas de Cidadão encerram e restantes serviços públicos só funcionarão por marcação.
Foto de Tiago Petinga/Lusa

António Costa afirmou que na última semana, a prevalência da estirpe britânica do coronavírus cresceu de 8% para 20% e poderá chegar a 60% nas próximas semanas.

O primeiro-ministro anunciou o encerramento das Lojas de Cidadão e os restantes serviços públicos só funcionarão por marcação. Os processos não urgentes nos tribunais serão suspensos.

António Costa informou ainda da “interrupção de todas as atividades letivas nos próximos 15 dias”. Esta interrupção será compensada posteriormente através de alterações no calendário escolar.

Os encarregados de educação com crianças com idade igual ou inferior a 12 anos “terão as faltas ao trabalho justificadas, caso não estejam em teletrabalho”. Será assegurado um “apoio igual àquele que foi dado na primeira fase do confinamento”.

Manter-se-ão abertas escolas de acolhimento para crianças com idade igual ou inferior a 12 anos para filhos de trabalhadores de serviços essenciais. Continuará a ser assegurada a alimentação às crianças que usufruem da ação social escolar. Será garantida a intervenção precoce no que respeita a crianças com dificuldades educativas. As Comissões de Proteção de Crianças e Jovens em risco continuarão a desenvolver a sua atividade.

Termos relacionados Política
(...)