You are here

Angola: Polícia tenta impedir espetáculo de Luaty Beirão e MCK

Luaty denuncia o boicote das autoridades. Até que lhe seja apresentado um documento com a proibição, o ativista continua a apelar às pessoas para irem ao espetáculo, que terá lugar este domingo, em Luanda, pelas 20h15 (horas locais).

Segundo avançou o ativista Luaty Beirão à agência Lusa, agentes da Polícia Nacional de Angola estão a policiar o Cine Tivoli, em Luanda, onde está previsto, para este domingo às 20:15 (19:15 em Lisboa), um espetáculo do 'rapper, conhecido no meio como Ikonoklasta, e do músico MCK.

"Recebemos uma chamada da senhora do Cine Tivoli a dizer que a polícia foi lá e tirou, abusivamente, sem nenhum mandado, a licença. Visto que foi feito de forma ilícita, vamos falar com o pessoal do espaço e vamos continuar a apelar às pessoas para irem [ao espetáculo], até que nos apresentem um documento com a proibição", afirmou Luaty em declarações à Lusa.

"Intimidaram as pessoas pedindo um monte de documentos. A polícia retirou a licença do espaço Tivoli, mas enquanto isso decorria hoje, ao mesmo tempo, um evento infantil no local", acrescentou o ativista.

O concerto de Ikonoclasta e MCK chegou a estar agendado para sábado à noite, no Chá de Caxinde, outra sala do centro de Luanda, contudo, os proprietários recuaram e acabaram por não permitir a sua realização naquele local.

"Os proprietários fingiram todos que ninguém sabe, que a gerência é que decide. Disseram-nos que podíamos divulgar e no dia seguinte informaram-nos que o 'show' não ia poder acontecer ali", referiu Luaty Beirão.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Internacional
(...)