You are here

Adesão de 100% à greve na Valorsul

Balanço é da Comissão Sindical dos Trabalhadores. O deputado municipal do Bloco em Lisboa Ricardo Robles e a deputada Isabel Pires estiveram presentes no piquete de greve da Valor Sul.

Em declarações à agência Lusa, Mário Matos, da Comissão Sindical dos Trabalhadores da Valorsul, afirmou, no início da manhã, que a adesão do 1.º turno, a parte operacional da empresa de tratamento de resíduos (00:00-08:00), foi de 100 %:

“Nas unidades operacionais, tivemos uma adesão de 100%. Obviamente que temos, por lei, que cumprir serviços mínimos. Relativamente às outras unidades, ainda não dispomos de números porque só entram a partir das 08:00", avançou o representante dos trabalhadores.

A paralisação de 32 horas foi convocada para exigir "o cumprimento do direito à negociação coletiva, o aumento dos salários - que não são atualizados desde 2009 - bem como uma distribuição justa da riqueza criada com o seu empenhamento, esforço e dedicação".

Bloco solidário com trabalhadores da Valorsul

O deputado municipal do Bloco em Lisboa Ricardo Robles e a deputada Isabel Pires estiveram presentes no piquete de greve da Valor Sul e expressaram a sua solidariedade com os trabalhadores e a sua luta.

Ricardo Robles referiu que esta é uma “empresa determinante no município de Lisboa, sublinhando a importância do reconhecimento e da valorização dos salários dos seus trabalhadores”.

A par de Lisboa, a paralisação afeta ainda os municípios de Alcobaça, Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Loures, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Odivelas, Peniche, Sobral de Monte Agraço, Rio Maior, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.

 

 

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)