You are here

26 estados norte-americanos recusam receber refugiados sírios

Na sequência dos atentados de Paris, 26 dos 50 estados norte-americanos, governados pelo Partido Republicano e um liderado pelo partido Democrata disseram que “não estão dispostos a acolher refugiados sírios.”
Foto de Eneas De Troya/ Flickr

Os estados dispostos a encerrar as suas portas aos refugiados sírios são o Arizona, Alabama, Arkansas, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Flórida, Geórgia, Ilinóis, Idaho, Indiana, Iowa, Kansas, Luisiana, Maine, Michigan, Mississípi, Massachusetts, Nebrasca, Nova Jersey, Novo México, Ohio, Oklahoma, Tennessee, Texas e Wisconsin, dirigidos por governadores do Partido Republicano.

Os governadores anunciaram esta decisão depois de, num dos locais onde ocorreram os atentados, ter sido alegadamente encontrado um passaporte com o nome de um cidadão sírio que entrou na Europa como refugiado, embora não haja certezas de que este pertença à pessoa junto à qual o documento foi encontrado ou mesmo que seja um documento verdadeiro.

Esta recusa é seguida também pelo estado do New Hampshire, liderado por uma governadora do Partido Democrata, a que pertence Presidente dos EUA,  Barack Obama.

Vários estados norte-americanos liderados por governadores do Partido Democrata, como o Connecticut, Vermont e Pensilvânia, manifestaram a sua disponibilidade para receber os refugiados que tentam escapar ao conflito que assola aquele país.

Termos relacionados Internacional
(...)