Está aqui

Sahara Ocidental: A última colónia de África

O Sahara Ocidental está sob ocupação marroquina há mais de 40 anos e as instâncias internacionais têm adiado a resolução do problema em função de um labirinto de interesses políticos e económicos que têm impedido a realização de um referendo que permita ao povo saharaui pronunciar-se sobre o seu futuro. Dossier organizado por Pedro Ferreira.

Neste dossier: análise histórica do processo para a independência, artigo de Né Eme sobre a inevitabilidade da descolonização, Marrocos e o saque de recursos do Sahara Ocidental, depoimentos de cidadãos saharuis e entrevista com Sidi Fadel, responsável de uma organização de Direitos Humanos.

Comentários (1)

Resto dossier

Sahara Ocidental: A última colónia de África

O Sahara Ocidental está sob ocupação marroquina há mais de 40 anos e as instâncias internacionais têm adiado a resolução do problema em função de um labirinto de interesses políticos e económicos que têm impedido a realização de um referendo que permita ao povo saharaui pronunciar-se sobre o seu futuro. Dossier organizado por Pedro Ferreira.

Há muitos anos que o navio "Key Bay" faz o transporte de peixe e óleo de peixe desde o Sahara Ocidental até à Europa

Marrocos e o saque dos recursos do Sahara Ocidental

O veredito do Tribunal de Justiça da União Europeia de dezembro de 2016 é um marco na história que o povo saharaui tem empreendido na defesa dos seus recursos naturais. Mas a pilhagem persiste porque a lei continua a ser violada.

Foto de Joseba Barrenetxea/Flickr

“Estamos cercados por um muro de indiferença”

Anseiam pela liberdade mas por enquanto enfrentam a discriminação, a violência e a prisão. Lutam por um futuro diferente pautado pela dignidade e pelo respeito dos seus direitos. Sabem que o caminho tem muitos obstáculos mas isso não os faz desistir.

"Não perdi a fé na comunidade internacional, embora esteja dececionado pelo atraso na implementação das suas resoluções sobre o referendo", afirma Sidi Fadel

“É muito difícil viver como estrangeiro no próprio país”

O Presidente da organização Adala UK, Sidi Fadel, afirma que Marrocos quer convencer os saharuis que a ocupação nunca terminará e que estes acabarão por ficar reduzidos apenas a uma memória.

Foto de Mundobat Komunikazioa/Flickr

A descolonização inevitável

O impasse na descolonização do Sahara Ocidental é adiar o inevitável, mas enquanto não chega o momento da libertação há milhares de vidas suspensas que são moldadas apenas pela injustiça e sofrimento de uma ocupação ilegal. Por Né Eme.

Foto de Rafael Munoz- Flickr

O longo caminho para a autodeterminação

O Sahara Ocidental foi ocupado por Espanha em 1884 e converteu-se na 53ª província daquele país em 1958. Situado no continente africano, o seu território estende-se ao longo de 2500 quilómetros quadrados.