Está aqui

Newsletter de 2 de Dezembro 2019

Mobilização pelo clima rumo à COP25

Dossier 304: Mobilização pelo clima rumo à COP25

Mobilização pelo clima rumo à COP25

30 de Novembro 2019

Neste dossier ouvimos ambientalistas, divulgamos o manifesto da contracimeira e promovemos o debate sobre alternativas. Dossier organizado por Luís Branco.

Política

É insustentável fazer as pessoas reformar-se cada vez mais tarde

1 de Dezembro 2019

Este domingo, Catarina Martins visitou o Parque Natural do Tejo Internacional, onde abordou a questão dos baixos caudais do rios Ponsul e Tejo, e um centro de dia onde propôs fixar idade de reforma nos 65 anos, acabar com corte do fator de sustentabilidade para regimes especiais e baixar idade da reforma aos 40 anos de descontos.

Internacional

Bolsonaro quer que militares tenham licença para matar

1 de Dezembro 2019

Bolsonaro sugere a possibilidade de legislar para que militares possam ser chamados para conter manifestações sem terem de responder criminalmente pelos seus atos. Ministro da Economia rememora ditadura militar.

Marisa Matias

Emergências

Há 10 anos participei, em Copenhaga, na Conferência anual das Nações Unidas para o combate às alterações climáticas, a COP15. Na altura, chegava ao fim o Protocolo de Quioto e o desfecho foi uma gigantesca desilusão.

Pedro Filipe Soares

Nas ruas pela justiça climática

A COP 25 é um momento fundamental para confrontar os líderes mundiais com as decisões que têm de ser tomadas.

Cultura

“Acredito na unidade, mesmo quando existem diferenças políticas grandes”

1 de Dezembro 2019

Paulo Portugal entrevistou Costa-Gavras durante o festival de cinema de San Sebastian sobre o seu mais recente filme no qual “o lendário realizador franco-grego encena a crise financeira como uma tragédia grega”. Aos 86 anos não promete novo filme mas busca “nova paixão”. Pensa que esta “é necessária para sobreviver”.

Fotografia: Omer Messinger/Lusa
Internacional

Alemanha: Críticos de coligação com Merkel lideram SPD

1 de Dezembro 2019

Candidatos que se opõem a continuar na aliança com o partido de Merkel vencem as eleições do Partido Social-Democrata, derrotando aliados da chanceler alemã. O resultado deixa dúvidas quanto ao futuro do governo.