Está aqui

Índia suspende primeiro alimento transgénico

Enquanto os indianos discutem os efeitos da beringela OGM, no México os agricultores acusam o governo de ser conivente com a contaminação transgénica do milho cultivado. Foto Vic Lic/FlickrO governo indiano decidiu suspender por razões de segurança o lançamento do primeiro vegetal transgénico produzido no país - uma beringela.

 

“A moratória estará em vigor até todos os testes terem sido realizados para a satisfação de todos... Se isso significar que não há início da produção, então que seja”, comentou o ministro do Ambiente, Jairam Ramesh, aos jornalistas.

Os testes à nova variedade de beringela geneticamente manipulada duram desde 2008 e no ano passado a sua introdução no mercado foi defendida por um painel governamental. Mas antes de seguir em frente, o governo indiano decidiu ouvir mais opiniões. “É meu dever adoptar uma abordagem cautelosa, de prevenção e de princípios”, afirmou Ramesh, citado pela Reuters.

Na semana passada, um grupo de ONG's mexicanas apresentou uma queixa na Comissão Interamericana de Direitos Humanos, denunciando a entrada ilegal de sementes trangénicas no cultivo do milho no estado de Chihuahua.

"O México é reconhecido como centro de origem e diversidade genética do milho e foi amplamente recomendada a sua protecção", diz Gabino Goméz, dirigente duma organização de pequenos agricultores de Chihuahua, indignado pelo facto das investigações serem mal conduzidas e não haver vontade política do governo para travar a contaminação.
 

Termos relacionados Internacional