Está aqui

auditoria à dívida

Auditoria à dívida: Convenção de dia 17 começa a ganhar forma

Dezembro 7, 2011

A iniciativa para uma auditoria cidadã (IAC) à dívida terá a sua Convenção de Lisboa no próximo dia 17 no cinema São Jorge. A IAC já tem site, assim como está no facebook e no twitter. No site é possível a inscrição na Convenção, consultar os projetos de regulamento e de resolução e apresentar proposta de alteração.

A Auditoria a que temos direito

Dezembro 7, 2011

A Auditoria é a concretização de um direito fundamental de todas e de todos: o de saber o que estamos a pagar, o que devemos pagar e se podemos pagar.

Contra o inaceitável fardo da dívida, toda a luta social é a condição da democracia

Dezembro 3, 2011

Este sábado, a Mesa Nacional do Bloco aprovou uma resolução na qual procede a um balanço da greve geral e da situação política e social portuguesa, aborda a questão da Cimeira Europeia e as questões europeias de urgência e trata, mais detalhadamente, da questão da dívida. Ver documento.

Iniciativa pela Auditoria à Dívida

Novembro 16, 2011

Um grupo de 274 cidadãos convocou para 17 de dezembro uma Convenção em Lisboa para instituir um processo de Auditoria Cidadã à Dívida Pública. "Auditar a dívida é urgente. É em nome da dívida que está a ser imposto o declínio à sociedade portuguesa", disse o economista José Maria Castro Caldas no lançamento da iniciativa.

Uma auditoria "para tornar claro o que é opaco"

Novembro 15, 2011

Um grupo de 274 cidadãos convocou para 17 de dezembro uma Convenção em Lisboa para instituir um processo de Auditoria Cidadã à Dívida Pública. "Auditar a dívida é urgente. É em nome da dívida que está a ser imposto o declínio à sociedade portuguesa", disse o economista José Maria Castro Caldas no lançamento da iniciativa.

Iniciativa pela Auditoria à Dívida apresenta-se dia 15

Novembro 10, 2011

Na próxima terça-feira é lançada a iniciativa por uma Auditoria Cidadã à Dívida Pública. Carvalho da Silva, Ana Benavente e José Gusmão são alguns dos promotores desta auditoria que vai "exigir às entidades públicas a informação que é direito dos cidadãos em democracia".