EDP: Lucros aumentam 86% nos primeiros nove meses de 2017

Os lucros da EDP foram de 1.147 milhões de euros nos primeiros nove meses deste ano, que significam um aumento de 86% nos lucros, em relação a 2016. Esse aumento deve-se à venda da Naturgas, a empresa de distribuição de gás em Espanha.

Sem entradas de eventos não recorrentes, como a venda da Naturgas, os lucros teriam baixado 4%, de 661 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2016, para 633 milhões de euros para o período homólogo de 2017.

O EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) subiu 13% para 3.269 milhões de euros, em termos homólogos. Sem os ganhos não recorrentes, o EBITDA caiu 4% nos primeiros nove meses, em comparação com período homólogo.

Segundo comunicado da EDP, o EBIDTA caiu “devido à contribuição da queda de 20% em termos homólogos do EBITDA para 1.256 milhões nos primeiros nove meses de 2017 no mercado ibérico motivada pela escassa hidraulicidade (43% abaixo da média de longo prazo), especialmente quando comparada com um 2016 muito húmido (hidraulicidade 66% acima da média histórica) e pela exclusão de consolidação da Naturgas Electricidad Distribuición resultante da sua venda no final de julho de 2017″.

Teaser

Os lucros da EDP foram de 1.147 milhões de euros nos primeiros nove meses deste ano, que significam um aumento de 86% nos lucros, em relação a 2016. Esse aumento deve-se à venda da Naturgas, a empresa de distribuição de gás em Espanha.

Main Image
António Mexia, CEO da EDP - Foto de José Sena Goulão/Lusa
Main Image Credit
António Mexia, CEO da EDP - Foto de José Sena Goulão/Lusa
Thumbnail Image
EDP: Lucros aumentam 86% nos primeiros nove meses de 2017