Está aqui

Biblioteca

Esta semana, um conto sobre o vício de coleccionar livros.

O e-book que oferecemos esta semana pertence ao volume The Dubliners, de James Joyce.

O e-book da semana é “Myslowitz-Braunschweig-Marselha (História de um fumador de haxixe)”, do filósofo Walter Benjamin.

Ninguém levaria o velho capitão a deixar de fumar. Ninguém? Um conto de Emilio de Marchi (1851-1901)

O conto que oferecemos esta semana aos nossos leitores é do escritor italiano Giuseppe Giacosa (1847-1906)

O conto é do escritor italiano Ferdinando Paolieri (1878-1928), um dos últimos representantes do realismo “provinciale”, que na Toscana teve grandes mestres.

O conto que oferecemos esta semana aos leitores é do escritor e dramaturgo russo Leoníd Nikoláievich Andréyev (1871-1919), líder do movimento expressionista e um dos mais prolíficos escritores do seu tempo.

"Sorte", de Mark Twain, é o e-book que oferecemos esta semana aos leitores, na semana em que se assinala o centenário da morte do autor. Samuel Langhorne Clemens (1835 - 1910) é um dos mais populares escritores, humoristas e romancistas norte-americanos.

Páginas

No dia 26, o que se decide é se queremos habitação a preço acessível, transportes que servem as pessoas, apoio social que responda às necessidades de quem precisa, uma aposta a sério e não meramente propagandística na qualidade ambiental e no ordenamento do território.

É urgente reverter e travar o processo de municipalização da educação, que consiste em mais numa recentralização de poderes.

Escândalo repetido, a Comissão Europeia cede aos piores lobbies económicos e financeiros mundiais, em prejuízo de todos os povos. Sabendo disto, o que vai fazer o Governo português?

Esta campanha autárquica não precisava deste triste momento de aproveitamento eleitoralista, na ânsia da caça ao voto.

Hoje é fácil aplaudir o Plano Nacional de Remoção do Amianto das escolas. O que muitos talvez não saibam é que a erradicação do amianto das escolas que vemos agora em velocidade de cruzeiro começou com uma pequena associação de pais e encarregados de educação.

Treino na Academia Militar de West Point

Segundo os autores do recém-lançado relatório do Institute for Policy Studies, com uma parte do dinheiro gasto na guerra ao terror, os Estados Unidos podiam ter descarbonizado completamente a sua rede elétrica, eliminado a dívida estudantil, prolongado o Crédito Fiscal Infantil da era covid por dez anos, garantido o pré-escolar gratuito, financiado as vacinas covid em todo o mundo - e ainda sobrava dinheiro para gastar. Artigo de Luke Savage.

A retirada das tropas ocupantes coincide com o aniversário das duas décadas do atentado que lhe serviu de pretexto. Neste dossier, olhamos para a situação do país que assiste ao regresso dos talibãs e para o que mudou ou ficou na mesma durante 20 anos de mais uma guerra fracassada dos EUA. Dossier organizado por Luís Branco.

 

Os liberais podem mostrar-se tristes por terem dado para um peditório que afinal era um embuste. É lamentável que nem sequer o admitam. Podem mesmo reprovar a "traição" de Biden e jurar que fazem todas as guerras pela democracia mas o embaraço é muito.  Artigo de Luís Fazenda.

Vendedor ambulante expõe bandeiras e posters dos líderes talibãs junto a um mural de uma menina na escola.

A Associação Revolucionária das Mulheres do Afeganistão (RAWA) é uma organização política feminista fundada em 1977 com sede em Quetta, no Paquistão. Nesta entrevista ao Osservatorio Afghanistan, Maryam faz um balanço de 20 anos de ocupação ocidental e apresenta as perspetivas sobre como continuar a luta na nova fase que agora se abre.

Um mural no Afeganistão protesta contra o assassinato de Fakunda Malikzada: 'O assassinato de Fakhunda é uma mancha em todos os homens afegãos'.

A vida das mulheres afegãs corre agora perigo por causa dos talibãs. Mas elas sempre enfrentaram a violência masculina, como relata a investigadora Jenevieve Mannell, que no Afeganistão ouviu muitos testemunhos de mulheres vítimas de violência nos últimos anos.