Está aqui

Biblioteca

Esta semana, um conto sobre o vício de coleccionar livros.

O e-book que oferecemos esta semana pertence ao volume The Dubliners, de James Joyce.

O e-book da semana é “Myslowitz-Braunschweig-Marselha (História de um fumador de haxixe)”, do filósofo Walter Benjamin.

Ninguém levaria o velho capitão a deixar de fumar. Ninguém? Um conto de Emilio de Marchi (1851-1901)

O conto que oferecemos esta semana aos nossos leitores é do escritor italiano Giuseppe Giacosa (1847-1906)

O conto é do escritor italiano Ferdinando Paolieri (1878-1928), um dos últimos representantes do realismo “provinciale”, que na Toscana teve grandes mestres.

O conto que oferecemos esta semana aos leitores é do escritor e dramaturgo russo Leoníd Nikoláievich Andréyev (1871-1919), líder do movimento expressionista e um dos mais prolíficos escritores do seu tempo.

"Sorte", de Mark Twain, é o e-book que oferecemos esta semana aos leitores, na semana em que se assinala o centenário da morte do autor. Samuel Langhorne Clemens (1835 - 1910) é um dos mais populares escritores, humoristas e romancistas norte-americanos.

Páginas

O sistema de seguros agrícolas em Portugal é privado, contrariamente ao que acontece em Espanha, e os agricultores ficam à mercê do mercado de seguros.

O ministro do Ambiente atribuiu a "um exercício de engenharia nasal" as críticas do Bloco de Esquerda sobre a alegada "má qualidade" do Tejo. Ontem, dia 19 de julho, mais um caso denunciado pelo Bloco.

António Costa levou à cimeira da NATO um quadro anualizado da despesa em defesa até 2024. Trata-se de um aumento gradual da despesa em percentagem do PIB que, só em 2018, será da ordem dos 330 milhões.

A morte do João Semedo surpreendeu-me, de tal forma, que ainda me custa a acreditar que se foi e que não vou receber mais aquelas mensagens encorajadoras nos maus momentos e de felicitações nos bons.

Moral da história: se não tem envergadura financeira para suportar a mensalidade da creche da Junta, deixe os seus filhos com os avós. Ou com os vizinhos. Ou a brincar na rua, como “se fazia antigamente”.

A porta-voz do Conselho Nacional Indígena, com apoio dos zapatistas, não conseguiu alcançar a fasquia das mais de 860 mil assinaturas necessárias para a candidatura presidencial.

As eleições presidenciais mexicanas deram a vitória ao candidato da esquerda. À terceira eleição, o carismático López Obrador conseguiu chegar à presidência com um discurso de oposição ao neoliberalismo. Dossier organizado por Luís Branco.

Qualquer concessão importante que AMLO faça à sua base — e deverá fazê-las — provocará a saída do círculo governamental de uma parte dos direitistas refugiados no Morena e aumentará o temor de Washington. Artigo de Guillermo Almeyra.

Fundadora do PRD e do Morena, Claudia Sheinbaum foi a porta-voz do recém-eleito presidente mexicano na campanha presidencial de 2006, após integrar o seu governo da Cidade do México, entre 2000 e 2005, formado pelo partido que agora derrotou.

Com a eleição de López Obrador, culmina um longo e tortuoso processo de transição formal para a democracia. O resultado nas urnas deste domingo significa a plena alternância no poder. Artigo de Massimo Modonesi.