Está aqui

Biblioteca

Onde encontrarei as palavras para expressar o horror que então me invadiu? Eu estava deitado ao pé da forca de Los Hermanos. Os cadáveres dos dois irmãos De Zoto não estavam enforcados, e sim deitados ao meu lado.

– À simples vista – disse o major, remexendo no bolso – é apenas uma pequena mão comum, seca e mumificada.

Tirou qualquer coisa do bolso e exibiu-a. A senhora White recuou, com uma careta, mas o filho, pegando no objecto, examinou-o com curiosidade.

Ontem, entre a multidão do bulevar, percebi que alguém me tocava no braço. Adivinhei logo. Era aquele ser misterioso que eu sempre desejara conhecer.

– Diz-me, gentil menina: gostarás de mim se eu fizer uma visita aos teus pais?

Havendo proferido tais palavras, Julião Mastakovitch quis beijar a pequena mais uma vez; mas o menino, vendo-a prestes a romper no choro, puxou-a pela mão.

Uma vez tinha eu voltado pela ante-manhã de uma festa louca. Dormia a sono solto, prostrado pela fadiga, esgotado da orgia desenfreada. Senti uma mão fria passar-me de leve nas faces, acordei. Era ela!

O verdadeiro medo é como uma reminiscência dos fantásticos terrores primitivos.

Publicamos esta semana o conto original “Barba Azul”, um rico e assustador aristocrata, muito feio, com a sua horrível barba azul. Casado já três vezes, ninguém sabia o que tinha acontecido às esposas.

Um homem rico perdeu um saco com mil talentos, sobre os quais havia uma serpente de ouro. Um pobre que passava achou-o.

Neste e-book conta-se a história de um cientista que desvendava crimes através de um jogo de associação de palavras. Mas a experiência nem sempre tinha sucesso.

A adivinha previra: ele ia matar um homem. “Se acontecer, avise-me. Esteja o senhor onde estiver, escreva-me ou telegrafe-me. A sua ficha é nº 20.003. Poucas palavras. Basta isto: 20.003 matou.”

Páginas

Eco e Pasolini, e não os podemos ignorar, viviam uma memória que nos alerta ainda hoje para as tragédias passadas, que todas começaram por ser implausíveis.

Se a direita dita tradicional não quer olhar para Itália (ou França), ponha os olhos no Brasil. Não sobrou nem um Montenegro para amostra.

Este número impressionante de 57% de falhas dá uma ideia do sofrimento por que estão a passar as populações da Península de Setúbal.

Os animais continuam a servir de tentativa de manipulação para obtenção de votos das pessoas que se interessam por estes. A região autónoma dos Açores é a região do país que menos esteriliza os animais. Assim se percebe que o investimento feito, até então, não foi o mais certeiro.

As pensões às cambalhotas com os truques do governo, com a inépcia de uns e a apatia de outros. O que esperam os reformados do governo, e o que a sociedade quer dos reformados.

No próximo domingo, 7 de agosto de 2022, tomam posse Gustavo Petro e Francia Márquez, presidente e vice-presidente da Colômbia. A sua vitória constitui uma importante mudança no país de Gabriel Garcia Márquez. Dossier organizado por Carlos Santos.

"o diálogo com o ELN é certamente o que ordena o panorama" - Foto Brasil de Fato

Uma das prioridades do novo governo da Colômbia é resolver o conflito armado que ainda perdura. Consegui-lo não será uma tarefa fácil. Mas existe uma fórmula simples capaz de dar uma volta à história: mudanças sociais e garantias de vida. Por Pablo Solana

Comissão da Verdade, ver composição em https://web.comisiondelaverdad.co/la-comision/los-y-las-comisionadas – Foto de La Silla Vacia

A Comissão da Verdade mais do que desenterrar algo que o país não conhecia procurou fornecer um relato completo e complexo do que aconteceu no conflito armado. Chegou a conclusões que confirmam teses incómodas para o país. Por Santiago Rodríguez Álvarez

Gustavo Petro e Francia Márquez, presidente e vice-presidente eleitos da Colômbia com apoiantes, Colômbia, 19 de Carlos Ortega/Epa/Lusa

A vitória eleitoral da fórmula presidencial Petro-Márquez nas recentes eleições presidenciais colombianas é um marco histórico, inimaginável até há pouco... mas a batalha ainda não está ganha. Artigo de Roberto Montoya

Formado em Economia, Gustavo Petro afirmou como prioridade “democratizar a economia” do país e combater a desigualdade. Neste artigo, olhamos para alguns dos principais pontos do seu programa.