Está aqui

Mariana Mortágua

Deputada. Dirigente do Bloco de Esquerda. Economista.

Artigos do Autor(a)

16 de Fevereiro, 2020 - 17:29h

Foi nas salas dos nacionais - São João, no Porto, e Dona Maria, em Lisboa - que aprendi a ver teatro.

5 de Fevereiro, 2020 - 08:59h

Os salários em Portugal ainda são dos mais baixos da Zona Euro, mas a eletricidade é das mais caras da Europa. De acordo com o Eurostat, uma em cada cinco pessoas vive em pobreza energética: por razões económicas, não se consegue proteger do frio e do calor extremos.

30 de Janeiro, 2020 - 15:54h

BES Angola (BESA) foi fundado em 2001. Três anos depois, o BES vendeu 19% à Geni, do general Dino, sócio de Isabel dos Santos. Em 2009, vendeu 24% à Portmill, de Manuel Vicente e dos generais Kopelipa e Dino, o triunvirato próximo de José Eduardo dos Santos.

21 de Janeiro, 2020 - 17:29h

Uma "grande empresária", assim foi tratada Isabel dos Santos desde que aqui começou a investir a fortuna do petróleo angolano. Artigo de Mariana Mortágua.

19 de Janeiro, 2020 - 10:49h

Existem todas as razões para reforçar as medidas destinadas a limitar as práticas abusivas da Banca (privada mas também, e especialmente, pública) e aumentar a transparência.

7 de Janeiro, 2020 - 23:09h

A política de Trump é o casamento perfeito entre o oportunismo eleitoral e a absoluta irresponsabilidade na condução da política externa.

4 de Janeiro, 2020 - 15:21h

Quando ouvir o Governo dizer que não há margem para descer IVA da luz, investir em equipamentos do SNS ou reforçar programas de habitação, lembre-se que nunca ouviu esse argumento quando se trata de injetar dinheiro na Banca.

26 de Dezembro, 2019 - 20:59h

Na mesa das negociações, o Bloco propôs que, caso a Comissão não aceite a descida por escalões, o IVA da luz deve descer da mesma forma para todos.

19 de Dezembro, 2019 - 22:32h

André Ventura chegou ao Parlamento com um discurso simples e demagógico contra o "sistema", mas sem nunca avançar muito sobre o seu próprio programa.

14 de Dezembro, 2019 - 22:14h

Aos poucos a corrupção vai desviando recursos públicos, condicionando pequenas decisões políticas e grandes decisões de Estado, vai dando má fama à política e minando a confiança nas instituições públicas.

Páginas