Está aqui

Mariana Mortágua

Deputada. Dirigente do Bloco de Esquerda. Economista.

Artigos do Autor(a)

19 de Maio, 2021 - 11:24h

O Governo português, que preside à UE, tem a responsabilidade de admitir que esta ofensiva não se trata da defesa de Israel. É mais uma agressão no âmbito da limpeza étnica e da punição coletiva contra os palestinianos de Gaza.

17 de Maio, 2021 - 17:04h

Luís Filipe Vieira não é caso único, mas é um retrato acabado de uma economia ao serviço dos bancos e seus satélites. Por Mariana Mortágua.

12 de Maio, 2021 - 23:19h

O país viu em Odemira como a doença e a exploração se cruzam de forma dramática. Um surto de covid entre trabalhadores migrantes destapou um mundo de abuso laboral, estigmatização de comunidades migrantes e danos ambientais.

7 de Maio, 2021 - 14:31h

No final de 2018, o Grupo Sogema, da família Moniz da Maia, devia ao Novo Banco cerca de 560 milhões, registados quase na totalidade como perdas. Mais de metade do prejuízo foi imputado ao Fundo de Resolução.

28 de Abril, 2021 - 09:35h

A EDP acaba de fazer a maior distribuição de lucros de sempre. São 754 milhões de euros, direitinhos para os bolsos dos acionistas.

21 de Abril, 2021 - 22:34h

A lei que criminaliza o enriquecimento injustificado está há mais de uma década para ser aprovada. Não há razão para esperar mais.

14 de Abril, 2021 - 15:45h

Todo o dinheiro pedido ao Estado este ano é dinheiro a mais, uma vez que o Novo Banco já cumpre os requisitos de capital exigidos pelo Banco Central Europeu e com uma folga de 500 milhões (que aumentará para 1000 milhões se o pedido do Novo Banco for aceite).

10 de Abril, 2021 - 13:20h

Os prejuízos de quem viveu esta pandemia em idade escolar são irrecuperáveis, mas podem ser mitigados. As contas do Governo é que são outras: uma obcecada contenção orçamental que ninguém entende.

31 de Março, 2021 - 19:57h

É lamentável que o PS, que no passado aceitou juntar-se aos partidos de Esquerda para recorrer ao Tribunal Constitucional contra os cortes da troika, admita agora voltar ao Palácio Ratton para travar apoios a quem mais precisa.

24 de Março, 2021 - 09:26h

Nos últimos dias, EDP e Governo desdobram-se em comunicados acerca do negócio da venda de seis barragens ao consórcio Engie. Mas ambos deixam sem resposta a pergunta que mais conta: por que não pagou a EDP os 110 milhões que deve de Imposto de Selo sobre a venda?

Páginas