Está aqui

Mariana Mortágua

Deputada. Dirigente do Bloco de Esquerda. Economista.

Artigos do Autor(a)

14 de Outubro, 2018 - 22:13h

O candidato fascista à presidência do Brasil passou à segunda volta com 46,3%. Bolsonaro defende a tortura e os assassinatos cometidos pela ditadura brasileira, justifica a violação de mulheres e propõe a esterilização dos pobres. É racista e xenófobo.

3 de Outubro, 2018 - 23:20h

Otelo, que Shakespeare escreveu em 1604, não é uma tragédia doméstica. Otelo é uma tragédia política. Porque é da política o fim de tantas mulheres de má estrela que, como Desdémona, foram mortas pelo alegado amor de homens.

28 de Setembro, 2018 - 23:17h

Maria de Belém, responsável pela comissão do Governo para rever a Lei de Bases da Saúde, afirmou que o Bloco, na sua proposta, defende que "se deve proibir a intervenção dos privados" na saúde. Esta afirmação é falsa.

23 de Setembro, 2018 - 11:16h

A política do Ministério do Mar quanto à prospeção e exploração de petróleo em Portugal não se distingue, neste momento, da da Galp, e isso é perigoso, incoerente e irresponsável.

14 de Setembro, 2018 - 18:55h

Desde 2015, o preço da habitação não parou de subir em Portugal. Os últimos dados apontam para um aumento médio de 16,4% entre maio de 2017 e 2018, para o qual contribuíram as valorizações nas áreas de Lisboa e Porto.

8 de Setembro, 2018 - 21:26h

Milhares de pensionistas estrangeiros têm comprado casa em Portugal para viver entre nós. Não é justo que o façam ao abrigo de um regime que os isenta de IRS, tanto aqui como no país de origem.

6 de Setembro, 2018 - 22:30h

Foi nesta legislatura que o país respirou de alívio sabendo que o confronto passou a ser sobre avanços, e não sobre recuos.

27 de Julho, 2018 - 08:39h

O João Semedo mostrou-nos que a política não se resume aos cargos, ao protagonismo nem ao poder vazio.

21 de Julho, 2018 - 22:40h

Faz 10 anos que o BPN foi nacionalizado. A decisão que entregou ao Estado os prejuízos sem tocar nos acionistas foi do PS, mas os destinos do BPN estarão para sempre ligados ao PSD.

14 de Julho, 2018 - 17:06h

Membros de topo do Governo desdobram-se em declarações, dizendo-se vítimas de ultimato por parte do Bloco. Não houve nem há ultimato. O que há é a exigência de ver cumpridos os compromissos assumidos pelo Governo.

Páginas