Jonathan Swift

Jonathan Swift

p { margin-bottom: 0.21cm; }

Jonathan Swift (1667-1745) – Escritor irlandês nascido em Dublin, considerado o satirista mais ferino e brilhante na língua inglesa. Órfão de pai, com um ano de idade, foi levado secretamente por sua ama para a Inglaterra, porém dois anos depois, voltou para Irlanda em virtude dos problemas políticos. Na infância teve boa educação mas sofreu constantemente de crises de surdez, mal que o ameaçou pelo resto da vida. Matriculou-se no Trinity College de Dublin (1681) onde só se distingue pelas punições (1682-1686). Recebeu um diploma da congregação (1688).

Com a morte do tio, neste mesmo ano, foi obrigado a procurar um emprego e sustentar-se. Fixando-se em Moor Park, Surrey, tornou-se (1689) secretário do estadista e escritor de grande prestígio Sir William Temple (1628 -1699). No emprego adquiriu gosto pelos livros e, continuando os estudos, graduou-se na Universidade de Oxford (1692) e foi ordenado pela igreja anglicana (1695).

Nomeado deão da catedral de Saint Patrick, em Dublin (1713), passou a participar activamente da vida política da Inglaterra. Em 19 de Outubro (1745), surdo e louco, morreu em Dublin e foi enterrado na Catedral de São Patrício, cujo epitáfio em latim escrito na sua lápide, foi escrito por ele mesmo. Entre seus magníficos trabalhos ficaram-se A Tale of a Tub (1704), Gulliver's Travels (1726), um dos maiores sucesso da literatura universal, e Modest Proposal for Preventing the Children of Poor People from Being a Burden to their Parents or the Country (1729).