Está aqui

Joana Mortágua

Deputada e dirigente do Bloco de Esquerda, licenciada em relações internacionais.

Artigos do Autor(a)

8 de Setembro, 2019 - 15:22h

Tal como na Educação e na Saúde, tem de haver um serviço público de habitação.

30 de Agosto, 2019 - 11:39h

Se há algo que devia unir a humanidade é a inescapável conclusão de que todos precisamos de oxigénio. Se isso bastasse para salvar a Amazónia poderíamos dormir descansados.

14 de Julho, 2019 - 10:15h

O balanço da geringonça faz-se tanto dos avanços como das dificuldades em acabar com a gestão privada na saúde, em combater a precariedade no código laboral, em investir nos serviços públicos.

7 de Julho, 2019 - 10:53h

Se Amália nos deu os poetas, a música como nunca a tínhamos ouvido e tanto do que somos, tenho a convicção de que lhe devemos futuro e que a continuação do seu legado não deve ser deixada ao acaso.

29 de Junho, 2019 - 16:58h

O PS dirá agora, como Carlos César insinuou, que a proximidade à esquerda dá “mau aspeto” junto da alta finança e prejudica a credibilidade externa do país. Mas sabe que recuperar salários e pensões foi o que pôs a economia a funcionar com mínimos de dignidade social.

22 de Junho, 2019 - 15:34h

O sonho dos Mello ou da Luz Saúde é que não haja uma única lei em Portugal que determine a gestão exclusivamente pública do SNS, uma via verde para as PPP.

14 de Junho, 2019 - 20:16h

A fantochada judicial cumpriu o seu maior objetivo: concluir o golpe contra o Governo de Dilma Rousseff, afastar o PT do poder e garantir que Lula ficasse longe das urnas.

8 de Junho, 2019 - 21:38h

Esses centristas de muitas cores que reconhecem Macron como líder não entendem que quem deixou o povo e o planeta nas mãos dos extremistas foram os mercados que eles próprios protegeram e deixaram à solta.

24 de Maio, 2019 - 11:54h

O barco acabou por não sair e os 180 passageiros ficaram em terra. Como a Soflusa não conseguiu encontrar solução, 20 desses passageiros acabaram por dormir no terminal do Terreiro do Paço.

17 de Maio, 2019 - 20:13h

O pior é que, aparentemente, no país de Berardo é possível acumular uma fortuna em fundações que não pagam um cêntimo de impostos sobre os lucros mas recusar pagar o que deve.

Páginas