Está aqui

João Teixeira Lopes

Sociólogo, professor universitário, Presidente da Associação Portuguesa de Sociologia. Dirigente do Bloco de Esquerda.

Artigos do Autor(a)

11 de Abril, 2014 - 11:21h

Realizar-se-á de 14 a 16 de Abril, na Universidade de Évora, o VIII Congresso Português de Sociologia sob o tema: 40 anos de democracia(s): progressos, contradições e prospetivas (programa).

3 de Abril, 2014 - 23:32h

Os desempregados jamais devem usar as redes sociais. Podem encontrar por lá o Papa Francisco e enveredar por maus caminhos.

2 de Abril, 2014 - 14:45h

A percentagem de pobres em Portugal, em 2012, ancorada a 2009, é de 22,4%.

19 de Março, 2014 - 01:00h

O retratado traçado pela OCDE aponta que com a crise, o número de agregados familiares sem qualquer rendimento aumentou mais de 20% no nosso país.

4 de Fevereiro, 2014 - 19:14h

O Presidente da FCT admitiu na AR que as classificações do último concurso para atribuição de bolsas tinham efetivamente sido alteradas sem conhecimento dos painéis de avaliação. A justificação é de índole burocrática...

29 de Janeiro, 2014 - 16:59h

António Araújo é historiador, assessor de Cavaco e assumiu recentemente posições favoráveis a Rui Ramos na polémica sobre o branqueamento de alguma historiografia a propósito do Estado Novo. No seu blog, Malomil, analisa com argúcia a cultura da direita pós-revolução de Abril e de como esta se tornou a cultura dominante. Artigo de João Teixeira Lopes publicado em inflexaoblog.blogspot.pt

22 de Janeiro, 2014 - 00:09h

O ataque que o Governo está a desenvolver contra as universidades e a I&D faz parte da mesma cruzada ideológica que procura dinamitar a segurança social pública ou o serviço nacional de saúde.

7 de Janeiro, 2014 - 12:00h

Classifico de aterradoras e reacionárias as declarações do Ministro Marques Guedes sobre Eusébio como símbolo “da alma portuguesa”, do “ser português” e da “essência nacional”.

12 de Dezembro, 2013 - 00:14h

Não há esperança neste filme, já o dissemos. As diferenças sociais, ao contrário das telenovelas, são uma linguagem que separa as amantes

11 de Dezembro, 2013 - 17:26h

Por mais que tentem mascarar o indisfarçável, a desvalorização do trabalho (e das vidas) é a receita do FMI e do governo.

Páginas