Está aqui

João Camargo

Investigador em Alterações Climáticas. Escreve com a grafia anterior ao acordo ortográfico de 1990

Artigos do Autor(a)

27 de Novembro, 2021 - 22:49h

A refinaria é a infraestrutura com mais emissões de gases com efeito de estufa do país, sendo por isso naturalmente uma estrutura cujo encerramento ou transformação faz parte de planos mínimos para travar os piores cenários da crise climática.

13 de Novembro, 2021 - 23:00h

De hoje em diante o movimento pela justiça climática tem de olhar para a COP como o movimento antiglobalização olhava para a Organização Mundial do Comércio ou para o G20.

30 de Outubro, 2021 - 16:01h

A COP26 será uma importante feira comercial para uma série de negócios internacionais e tecnologias fantasiosas, um show bonito para enganar a Humanidade. O capitalismo é hoje um culto da morte e a COP é uma das suas principais celebrações. Artigo de João Camargo.

28 de Setembro, 2021 - 09:04h

O mais recente relatório da Convenção-Quadro para as Alterações Climáticas revela que os cortes propostos pelos governos para o Acordo de Paris prevêem um aumento de emissões de 16,3% até 2030, quando o mínimo seria um corte de 45 a 55%.

2 de Agosto, 2021 - 11:15h

A desflorestação, em particular nos países mais pobres, aqueles com processos de industrialização mais tardios, é onde os patogénicos que criarão as pandemias do futuro surgem. Menos biodiversidade significa efectivamente mais riscos de pandemias.

11 de Julho, 2021 - 11:12h

Vivemos na maior crise da história da humanidade e numa das maiores crises da história do próprio planeta. Essa história é sobre nós – Canadá, Moçambique, Austrália, Índia, Brasil e Filipinas são aqui, somos nós. A decisão final sobre o que vai acontecer pertence, pelo menos parcialmente, a nós.

29 de Junho, 2021 - 21:35h

A nova subtileza já não é em geral atacar a existência da crise climática, mas sim enquadrá-la e domesticar os cenários que existem, pervertê-los e retratá-los de uma maneira em que o sistema não precise qualquer mudança.

20 de Maio, 2021 - 21:03h

No âmbito da acção “Em Chamas”, dia 22, às 16h vai haver uma manifestação e uma acção de desobediência civil em protesto contra a decisão suicida do governo português de expandir a aviação e construir um novo aeroporto. Eu vou participar, desobedecer, mesmo no meio desta cacofonia que diz que tudo é igualmente importante.

8 de Maio, 2021 - 18:04h

Esta situação não é um “acidente”. Não é um “erro”, ou um crime inesperado que apanhou toda a gente de surpresa. A lógica da produção hiper-intensiva implica olhar para tudo como factores de produção sem componente humana ou social e, desse ponto de vista, procurar reduzir o seu custo.

18 de Abril, 2021 - 21:32h

Há que perguntar o que é mais perigoso: o negacionismo climático da extrema-direita ou o negacionismo prático do centrão que diz que há alterações climáticas mas age como se as mesmas não existissem?

Páginas