Está aqui

Francisco Louçã

Professor universitário. Ativista do Bloco de Esquerda.

Artigos do Autor(a)

13 de Novembro, 2021 - 11:14h

A identidade da maior parte da população está agora ancorada no seu reconhecimento por via das plataformas das poucas empresas que constituem a oligarquia desta infraestrutura em rede.

5 de Novembro, 2021 - 23:31h

Pode Costa pensar que terá ganhos de curto prazo com uma trovoada eleitoral recusando soluções na saúde ou na justiça social, ou no emprego e salários. Só que o que tem que ser tem muita força.

2 de Novembro, 2021 - 08:52h

Arnaut e Semedo tinham proposto “o tempo completo e a dedicação exclusiva como regime de trabalho dos profissionais do SNS”, mas o PS só aceitou “a dedicação plena como regime de trabalho dos profissionais de saúde”. Nada de exclusividade. A diferença de palavras até escondia o que viria depois.

30 de Outubro, 2021 - 12:22h

Prossegue a cruzada contra o salário mínimo e, se houve no passado uma juventude partidária que propôs aboli-lo, há agora um partido que defende que só haja salário mínimo concelhio.

25 de Outubro, 2021 - 20:50h

Em nome do défice, o investimento deve reduzir-se, os salários devem ser condenados a perder poder de compra e o SNS deve continuar preso na impossibilidade de contratar médicos. Já vimos isto: chamou-se troika e prometeu que, se empobrecêssemos, seríamos mais felizes.

22 de Outubro, 2021 - 22:32h

Várias promessas de apoios sociais feitas pelo Governo em 2020 não foram concretizadas, ou foram atrasadas, ou foram mergulhadas em teias burocráticas intransponíveis.

15 de Outubro, 2021 - 21:30h

Diz-se que é difícil conseguir a deslocação de outras profissões para fora da capital, e aqui temos o paradoxal caso contrário: não se conseguem atrair médicos para virem trabalhar para Lisboa.

11 de Outubro, 2021 - 10:31h

Um dos mistérios da campanha eleitoral foi a bravata de António Costa contra a Galp, prometendo-lhe uma “lição exemplar” pelo despedimento coletivo que está em curso. Ora, não se descortina nenhuma razão eleitoral local para tanto entusiasmo comicieiro.

9 de Outubro, 2021 - 11:07h

A despedida da chanceler suscitou mais pesar na União Europeia do que na Alemanha. A sua herança é pesada: na modernização da economia, no défice zero e na transição demográfica.

5 de Outubro, 2021 - 17:01h

Com dados de cerca de 90% das empresas do S&P500, a mediana dos pagamentos dos seus CEO subiu pelo quinto ano consecutivo e superou os 13 milhões de dólares. Chova ou faça sol, quem manda é quem ganha.

Páginas