Está aqui

Francisco Louçã

Professor universitário. Ativista do Bloco de Esquerda.

Artigos do Autor(a)

21 de Fevereiro, 2020 - 22:29h

O futebol, que deu a Ventura a fama e o proveito, é um dos seus pontos fracos. Ele reage a quente, é capaz de acirrar ódios clubísticos no comentário avulso e até, como se viu nestes dias, nem hesita em lançar o seu preconceito racial contra todos os clubes.

18 de Fevereiro, 2020 - 22:28h

A proposta de referendo à aprovação da lei da morte assistida é, para os bispos, uma renúncia ao sagrado, além de ser um jogo político.

13 de Fevereiro, 2020 - 22:14h

A estratégia do superávite em tempo de juros negativos quer simplesmente dizer que o governo prefere a renda financeira à constituição do Estado social.

11 de Fevereiro, 2020 - 23:04h

Um Governo que quis impor-se na base da ameaça e não da negociação está a ameaçar demais. Era bem melhor que governasse em vez de fazer estes números.

9 de Fevereiro, 2020 - 10:09h

Neste artigo trato brevemente da relação entre a crise estrutural e as ameaças recentes contra o Estado Social e, em particular, da forma como diversas correntes do liberalismo moderno, incluindo Hayek ou os ordoliberais, abordaram a questão da relação entre a democracia e o funcionamento do Estado. Por Francisco Louçã.

7 de Fevereiro, 2020 - 21:00h

Algumas agências fazem cenários de choques do coronavírus que vão de uns perigosos 1,5% a uns alucinantes 6%, o que seria uma grave recessão mundial. (...) Estamos num tempo em que toda a gente teme que alguém acenda um fósforo ao lado do barril de pólvora.

5 de Fevereiro, 2020 - 23:13h

Talvez a maior das ingenuidades seja pensar que o combate ao crime financeiro não vai suscitar vinganças pesadas sobre os denunciantes dos crimes financeiros.

30 de Janeiro, 2020 - 22:41h

“Chicão” e Ventura são iguais a outros dirigentes da extrema-direita europeia, que espreitam uma oportunidade, repetem alguns slogans, constroem alvos, apelam aos ressentimentos, montam cenários que permitam que o ódio se torne respeitável e procuram criar milícias políticas.

27 de Janeiro, 2020 - 23:29h

Isabel dos Santos é hoje investigada em Angola a propósito da cruel realidade de “uma acumulação primitiva de capital” por uma oligarquia.

25 de Janeiro, 2020 - 15:50h

O problema para Bruxelas é que o novo governo quer uma folga de mais €8 mil milhões, aumentando assim o défice para responder com estímulos económicos.

Páginas