Está aqui

Bruno Maia

Médico neurologista, ativista pela legalização da cannabis e da morte assistida

Artigos do Autor(a)

15 de Abril, 2021 - 21:21h

Os médicos estão a mudar, pelas suas gerações mais novas. E essa é a tragédia da elite conservadora que tem dominado as suas estruturas dirigentes: têm os dias contados!

1 de Abril, 2021 - 11:17h

A ideologia salazarista da “saúde entregue aos privados” era sustentada, nas palavras do próprio Salazar, na ineficácia da gestão pública e na superioridade da gestão privada. Foi necessária a revolução de Abril para transformar o papel do Estado na oferta de cuidados de saúde.

7 de Março, 2021 - 16:46h

No momento em que nos encontramos, a escassez de vacinas representa uma coisa só: violência sobre os países mais pobres. O Canadá já comprou, antecipadamente, doses de vacinas que chegarão para vacinar 5 vezes a sua população, enquanto a Nigéria ainda não viu sequer uma dose. Artigo de Bruno Maia.

6 de Março, 2021 - 21:41h

Remdesivir, o medicamento contra a covid-19 de que todo o mundo falava no início desta pandemia, é produzido pela Gilead. Quando a empresa percebeu o potencial de lucro que poderia vir a ter com este medicamento pediu ao regulador dos EUA o “estatuto de medicamento órfão”.

27 de Fevereiro, 2021 - 20:24h

Em 1996, a Pfizer enviou uma equipa para Kano, na Nigéria, onde estava a ocorrer um surto de meningite. A empresa queria testar um antibiótico novo, o Trovan, e viu o surto como uma oportunidade. Deste ensaio resultou a morte de 11 crianças e mais terão ficado com paralisia cerebral.

19 de Fevereiro, 2021 - 21:53h

Continuamos com problemas na distribuição das vacinas contra a Covid-19. Por que razão tem o mundo de ficar refém de meia dúzia de farmacêuticas?

14 de Fevereiro, 2021 - 21:46h

A OMC discute uma proposta, apresentada por Índia e África do Sul, para suspender patentes de produtos médicos que combatam a Covid-19, pelo período em que durar a pandemia. A proposta não tem qualquer hipótese: EUA, UE e Reino Unido estão contra.

26 de Outubro, 2020 - 19:59h

O governo anda aos papéis com a contratação dos médicos. Antes da pandemia prometeu mais de 8.000 profissionais da saúde em 2020. Chegamos a Novembro e temos menos médicos no SNS.

23 de Julho, 2020 - 10:32h

Um plano estratégico para ultrapassar uma crise provocada por uma pandemia, deveria incluir propostas sérias e coerentes sobre o serviço de saúde desse país. O documento de António Costa Silva comete dois erros fundamentais: a linguagem e o vazio.

1 de Maio, 2020 - 20:57h

As pandemias vieram para ficar e serão cada vez mais frequentes. Algumas serão mais limitadas no espaço e no tempo, outras serão catástrofes globais como a covid-19. Há solução? Claro que há.

Páginas