Está aqui

Pedro Filipe Soares

Deputado, líder parlamentar do Bloco de Esquerda, matemático.

Artigos do Autor(a)

22 de Março, 2018 - 15:30h

No texto de apresentação da sua intervenção na Conferência 200 anos de Karl Marx, a 24 e 25 de março em Lisboa, Pedro Filipe Soares lança a questão: Que revolução para um marxista nos dias de hoje?

17 de Março, 2018 - 23:50h

Num momento em que a sociedade portuguesa está a evoluir, os centristas decidem apresentar-se como advogados de defesa da indústria tauromáquica.

12 de Março, 2018 - 16:16h

O Dia Internacional da Mulher não é um dia de festa, é um dia de luta, e não está ultrapassado.

3 de Março, 2018 - 11:39h

A precariedade laboral é um flagelo no nosso país. Os dados não enganam: a taxa de contratos precários em Portugal é das mais elevadas na União Europeia.

24 de Fevereiro, 2018 - 22:57h

O que mudou no PSD com este congresso? Vejamos o conteúdo dos discursos de Rui Rio para responder a essa pergunta.

16 de Fevereiro, 2018 - 23:12h

Está a ser criado mais emprego em Portugal? Qual é a qualidade do emprego criado? A precariedade está a aumentar ou a diminuir? A rotatividade dos trabalhadores nas empresas é elevada? Este artigo responde com clareza a todas estas perguntas.

11 de Fevereiro, 2018 - 12:28h

A prepotência de um grupo económico que julga poder disciplinar deputados só compara com a arrogância que impede que vejam o ridículo da situação.

3 de Fevereiro, 2018 - 22:48h

O bom caminho iniciado em 2015 tem a marca da negociação que se fez à esquerda e que o Partido Socialista teve de aceitar para chegar ao governo. Mas, desde então, há uma vítima das escolhas do governo de António Costa: o investimento público.

26 de Janeiro, 2018 - 11:00h

Durante esta semana, o poder económico mundial concentra-se num fórum - o Fórum Económico Mundial - para refletir sobre as formas de aprofundar a globalização e a desregulação dos mercados.

22 de Janeiro, 2018 - 23:29h

A separação entre os interesses privados e os interesses públicos é uma exigência justa evidente. Por isso mesmo, é fundamental qualificar a democracia portuguesa, garantindo total transparência.

Páginas