Está aqui

all

Engels e as origens da família, da propriedade privada e do Estado

A 28 de novembro assinalam-se os 200 anos do nascimento de Friedrich Engels, autor e coautor, com Karl Marx, de diversas obras fundadoras do pensamento socialista. Neste Convocar a História abordaremos A origem da família, da propriedade privada e do Estado, por ela representar um empreendimento intelectual notável, nomeadamente para os estudos feministas contemporâneos.

Lares e Apoio Domiciliário

Ouve aqui o debate sobre lares e apoio domiciliário orientado por Maria Deolinda Martin, vereadora da Câmara Municipal da Amadora, e com a presença do deputado José Soeiro e da assistente social Teresa Salselas.

As cinzas vivas do colonialismo português

O lastro duradouro do lusotropicalismo e o peso da história colonial negada criam um caldo de imperiofilia que marca parte dos discursos sobre identidade nacional e história. É o que nos explica Miguel Cardina neste artigo lido por Carlos Carujo.

Albert Tió é o primeiro preso político canábico em Espanha

Esgotados os vários recursos e sem resposta ao pedido de indulto, o ativista pró-legalização e um dos impulsionadores da lei de regulação dos clubes sociais na Catalunha entrou esta semana na cadeia para cumprir uma pena de cinco anos de prisão. Ouça esta e outras notícias no podcast Quatro e Vinte.

DiscDiz n' Os Cantos da Casa

Madalena Palmeirim ― Right as rain, 2019.

DiscDiz ― Do outro lado do monte, 2019.

Sétima Legião ― A um Deus desconhecido, 1984.

Anne Victorino d' Almeida ― Sombra dos sentidos, 2019.

S. Pedro ― Mais um, 2019.

Edição nº 334, de 19 de novembro de 2020

A Presidência e a normalização da extrema direita

Ouve aqui a conversa entre Marisa Matias e António Lima sobre as consequências sociais e políticas da normalização da extrema direita pela Presidência da República, quer para a Região Autónoma dos Açores quer para o país.

E. P. Thompson contemporâneo

O pensamento de um dos historiadores mais importantes do século XX é-nos apresentado neste artigo de Jesús Jáen lido por Carlos Carujo.

I República e Modernidade

Somos sempre confrontados com processos legislativos – como acontece hoje com a lei sobre a morte assistida – que dividem opiniões e atitudes. Olhemos para o pacote legislativo da primeira fase da I República: que meios e que dificuldades lhe foram colocados para a sua realização? Uma conversa com atualidade com a historiadora Maria Alice Samara.

Produção pecuária: que modelo ambiental e de bem-estar animal?

Ouve aqui a conversa sobre produção pecuária com Paco Martinez e Rui Crespo. Esta conversa teve lugar no âmbito da edição de 2019 do Fórum Socialismo.

Walter Benjamin

Dez teses sobre a contribuição de Walter Benjamin para a teoria crítica

No 80º aniversário da morte de Walter Benjamin, Michael Löwy analisa o seu pensamento num artigo lido por Carlos Carujo.

Samuel Úria n' Os Cantos da Casa

Samuel Úria ― Canções do pós-guerra, 2020.

Katerina L'Dokova ― Travessia, 2019.

Fernando Tordo ― Anticiclone, 1984.

Luís de Freitas Branco ― Sonata para violoncelo e piano, 2017.

Três Tristes Tigres ― Mínima luz, 2020.

Edição nº 333, de 5 de novembro de 2020

Canábis legal vence em todos os referendos nos EUA

A partir de agora há mais quatro estados norteamericanos com canábis legal para fins recreativos e mais dois para fins medicinais. Ao todo, são mais 21 milhões de pessoas a dizerem adeus a um século de proibicionismo nos EUA. Para ouvir nesta edição do podcast Quatro e Vinte.

I República e educação cívica

Educação Cívica – um pomo de discórdia ou a discussão necessária? Poderá a educação cívica proposta ao país pela I República ser um ponto de referência para discussão da educação cívica hoje? É este o mote da conversa desta semana com a historiadora Raquel Henriques.

Lóbi tauromáquico em Portugal

Ouve aqui a conversa sobre lóbi tauromáquico com Sérgio Caetano e Maria Manuel Rola. Esta conversa teve lugar no âmbito da edição de 2019 do Fórum Socialismo.

Mário Castelhano morreu no Tarrafal há 80 anos

Mário Castelhano era um trabalhador ferroviário, militante anarco-sindicalista, diretor do jornal A Batalha e um anti-fascista que lutou por uma frente comum de opositores ao regime salazarista. Foi um dos 32 portugueses que morreram no campo de concentração do Tarrafal. Uma história contada por Álvaro Arranja e lida por Carlos Carujo.