Está aqui

Comunidade

Na Guiné Equatorial, Teodoro Obiang já está há mais de 40 anos no poder, que exerce de forma autoritária e cleptocrática. Foto de embaixada/Flickr.

Uma viagem pelo mundo em 2019 (11): a África central

9 de Fevereiro, 2020 - 12:58h

Nesta região do continente africano, os regimes autoritários são a regra e vários autocratas registam longas permanências no poder, por vezes até à sua morte. Por Jorge Martins

A Nigéria, apesar de ser um dos maiores produtores mundiais de petróleo continua a ser pobre. Em 2017, a Amnistia Internacional denunciou que a Shell apoiou tortura e violação dos direitos humanos.

Uma viagem pelo mundo em 2019 (10): a África ocidental

5 de Fevereiro, 2020 - 14:03h

A África ao sul do Sahara é, no seu conjunto, a região mais pobre do mundo. Para o efeito, contribuem, em grande parte, fatores históricos, que se juntam aos condicionalismos geográficos do continente. Por Jorge Martins.

Manifestação em Argel.

Uma viagem pelo mundo em 2019 (9): O norte de África

29 de Janeiro, 2020 - 14:02h

Em mais um capítulo desta viagem pelo mundo, passamos por ditaduras, democracias musculadas e a ocupação do Sahara, passando pela revolta argelina e o caos líbio. Por Jorge Martins.

Centenas de pessoas concentraram-se no Rossio de Viseu e exigiram urgência nas obras das urgências do hospital e a instalação da radioterapia e do centro oncológico

Viseu exige urgência nas obras das urgências do hospital

28 de Janeiro, 2020 - 21:50h

Centenas de pessoas concentraram-se no Rossio de Viseu e exigiram também a instalação da radioterapia e do centro oncológico. O Bloco de Esquerda, que sempre se tem batido por estas reivindicações, esteve presente. Por Catarina Vieira e Castro

Refinarias da Arábia Saudita foram atacadas com drones em setembro de 2019, o ataque foi reivindicado por rebeldes Huthis do Iémen - Foto: NASA Worldview/EPA/Lusa

Uma viagem pelo mundo em 2019 (8): o Médio Oriente

27 de Janeiro, 2020 - 16:08h

A luta pela hegemonia entre a Arábia Saudita e o Irão tem-se refletido nas mortíferas guerras “por procuração” da Síria e do Iémen, remetendo para segundo plano o eterno drama do povo palestiniano. Por Jorge Martins.

Tudo parece indicar que Vladimir Putin se prepara para voltar à liderança do executivo, após deixar o Kremlin, restando saber quem desempenhará o papel de presidente entre 2024 e 2030

Uma viagem pelo mundo em 2020 (7): a Rússia e a Europa oriental

22 de Janeiro, 2020 - 17:09h

Nesta região, onde se situam quatro países que foram antigas repúblicas soviéticas, a Rússia volta a assumir o seu papel de poder dominante numa área que considera estratégica para a sua segurança. Artigo de Jorge Martins

Os pequenos Estados europeus apenas sobrevivem graças ao seu estatuto de “paraísos fiscais”, que os transforma, em maior ou menor grau, em “lavandarias” - Ilustração sobre paraísos fiscais. Fonte: Chema Vera/Twitter.

Uma viagem pelo mundo em 2020 (6): EFTA, pequeno Estados europeus e Balcãs

21 de Janeiro, 2020 - 10:04h

Os pequenos Estados apenas sobrevivem graças ao seu estatuto de “paraísos fiscais”. Os países da EFTA mantêm-se prósperos e estáveis. Nos Balcãs, a situação mantém-se relativamente tranquila, mas as tensões políticas e sociais continuam de pé. Artigo de Jorge Martins

Nas eleições regionais e autárquicas de 2019, Orbán e o seu partido de extrema direita foi derrotado e Gergely Karacsony foi eleito presidente da Câmara de Budapeste – Foto de Zoltan Balogh/Epa/Lusa

Uma viagem pelo mundo em 2020 (5): a Europa central e de leste

17 de Janeiro, 2020 - 11:49h

Na Europa central e de leste, o autoritarismo domina. Num quadro político onde a esquerda é, em geral, irrelevante, o descontentamento é aproveitado por populistas com diferentes roupagens, mas quase sempre reacionários a vários níveis. Por Jorge Martins

Em França, as reformas regressivas do presidente Macron continuam a suscitar grande resistência popular como mostra as manifestações contra a reforma das pensões - Manifestação em Paris em dezembro de 2019, foto de Ian Langsdon/Lusa/Epa

Uma viagem pelo mundo em 2020 (4): a Europa ocidental e do norte

16 de Janeiro, 2020 - 11:04h

Na Europa ocidental, a maioria dos países atravessa momentos de alguma instabilidade política e social. Já os países nórdicos experimentaram, nos últimos atos eleitorais, uma viragem à esquerda,mas a extrema-direita continua forte. Por Jorge Martins

Em Espanha, PSOE e UP firmaram um acordo de governo progressista, Pedro Sánchez e Pablo Iglesias cumprimentaram-se no debate de investidura do governo espanhol, janeiro de 2020. Foto de Juan Carlos Hidalgo, Lusa/ Epa.

Uma viagem pelo mundo em 2020 (3): a Europa do sul

14 de Janeiro, 2020 - 17:48h

A Europa meridional começou a recuperar da crise económica que a atingiu no início da década. Esta foi agravada, em alguns países, pelas desastrosas intervenções da “troika”, que lhes impôs uma austeridade draconiana. Por Jorge Martins

Tudo indica que a reforma do euro continuará por fazer e que os Estados que utilizam a moeda única continuarão a ser vítimas do espartilho orçamental definido pelas suas regras

Uma viagem pelo mundo em 2020 (2): a União Europeia

13 de Janeiro, 2020 - 16:05h

Consumado o Brexit, a União Europeia voltará a ficar confrontada com a sua crise existencial, que a unidade dos “27” contra as intenções britânicas (em especial, no que se refere à questão da fronteira irlandesa) serviu para camuflar. Por Jorge Martins.

"Perigo!"

Uma viagem pelo mundo em 2020 (1): o panorama global

11 de Janeiro, 2020 - 21:29h

Tal como no ano anterior, também em 2020 o perigo espreita em todas as “esquinas”, ou seja, nenhum país está a salvo das ameaças crescentes, nos planos político, económico, social e ambiental, que surgem a diferentes escalas espaciais. Por Jorge Martins.

 

Somos uma comunidade! Mas, somo-lo todos os dias. Não só durante o mês como forma de celebração e depois sayonara

Passado, presente e futuro de um movimento

4 de Janeiro, 2020 - 22:15h

Junho é o mês da magia para a comunidade LGBT. O mês do orgulho. Somos uma comunidade! Mas, somo-lo todos os dias. Não só durante o mês como forma de celebração e depois sayonara. Se um de nós não está a salvo, nenhum de nós está. Texto de Ana Aradas

Iglesias afirmou na noite das eleições, que, face à subida da extrema-direita, o entendimento à esquerda era uma necessidade – Pablo Iglesias na foto, juntamente com Irene Montero e Alberto Garzón

Espanha: “Chaves do poder” nas mãos dos independentistas

27 de Novembro, 2019 - 17:37h

Cada vez parece mais claro que este só será ultrapassado se a questão catalã for encarada como aquilo que, na verdade, é: um conflito político e não uma mera questão jurídico-criminal.

Eleições gerais em Espanha - 10 de novembro de 2019

Eleições em Espanha (2): os “Cambios” na geografia eleitoral

26 de Novembro, 2019 - 16:26h

Analisadas as cinco principais forças políticas espanholas, vamos agora analisar o desempenho eleitoral das formações de menor dimensão. Por Jorge Martins

Eleições gerais em Espanha - 10 de novembro de 2019

Eleições em Espanha (1): os “Cambios” na geografia eleitoral

25 de Novembro, 2019 - 17:43h

As eleições realizadas em Espanha no passado dia 10 de novembro, voltaram a confirmar as previsões da maioria das sondagens. Por Jorge Martins

Parlamento (hemiciclo) – Foto IPPAR, disponível na wikipedia

Desmontar o palco da extrema-direita

1 de Novembro, 2019 - 17:51h

A esquerda tem um papel: combater a fragilidade programática do “Chega”, denunciando os seus tiques fascistas. Ter que fazer política sem frases feitas e sem disseminar ódio serão as maiores dificuldades da extrema-direita no Parlamento. Texto de Alexandre Fernandes.

Um dos partidos que entrou no Parlamento português é a Iniciativa Liberal, que quer privatizar a Caixa Geral de Depósitos – Foto de Paulete Matos

Enquanto há dinheiro dos outros…

20 de Outubro, 2019 - 14:53h

Um dos partidos que entraram no Parlamento português é a Iniciativa Liberal, ou chamemos pelo verdadeiro nome, a Iniciativa Neoliberal que quer privatizar a Caixa Geral de Depósitos e a RTP – RTP. Texto de Alexandre Fernandes.

“O reordenamento da rede de escolas públicas veio pôr fim ao órgão de gestão colegial democrático, evoluindo posteriormente para a organização de agrupamentos verticais, até ser instalada a instabilidade provocada pelos mega-agrupamentos”

Contestação ao modelo de gestão e aos mega-agrupamentos de escolas acabou silenciada

1 de Outubro, 2019 - 10:33h

Tal modelo de gestão de mega-agrupamentos, que deixou “vazios” orgânicos em algumas unidades escolares, como escolas básicas do 2.º e 3.º ciclo, foi lamentavelmente desvalorizado e assim deixado tal como foi imposto. Texto de José Carlos Lopes.

Ambos mostraram que estão relativamente próximos e aquilo que pretendem é conquistar o chamado “centro”

E as pessoas, pá?

19 de Setembro, 2019 - 10:54h

O debate entre António Costa e Rui Rio teve, não apenas honras de transmissão nos três principais canais generalistas, mas também doses massivas de promoção ao longo do dia.. Por Jorge Martins

"Se eu estivesse num sistema com duplo voto, provavelmente votaria para reforçar os dois partidos à esquerda do PS, mas como só tenho um voto, apoiarei claramente o Bloco de Esquerda" - escreve André Freire

Eleições para a Assembleia da República 2019 – Endossamento Público ao Bloco de Esquerda

16 de Setembro, 2019 - 22:25h

Do meu ponto de vista, o mais importante é a não existência de uma maioria absoluta de um só partido e a uma distância significativa da dita. Por André Freire, Politólogo, Professor Universitário

PSA/Peugeot/Citroën de Mangualde, 2017 - Foto de Nuno André Ferreira/Lusa

O caso PSA: o neoliberalismo em prática

13 de Setembro, 2019 - 20:45h

A PSA-Mangualde é atualmente o exemplo paradigmático de um lugar de trabalho onde a democracia acaba à porta da empresa. Por David Santos

Neste caso da evolução do 2.º ciclo e da reorganização dos restantes ciclos de ensino,  é urgente partilhar no seio das escolas, dos agrupamentos de escolas, seus órgãos de gestão e comunidades escolares e educativas, todas as dúvidas, experiências e fundamentos – Foto de Paulete Matos

2.º Ciclo do ensino básico órfão e abandonado à mercê de experiências

8 de Setembro, 2019 - 16:48h

A ideia de alargar o 1.º ciclo em regime de monodocência ao 5.º e 6.º do 2.º ciclo do ensino básico, não sendo nova, é uma cíclica tentativa de reorganização dos ciclos de ensino em que persistem dúvidas e falta de consensos. Por José Lopes

Há no meu peito um grito abafado

21 de Agosto, 2019 - 22:11h

Salazaristas à parte, cada vez me convenço mais de que, relativamente ao regime da ditadura do Estado Novo, haverá sempre um abismo, uma lonjura inultrapassável, entre quem lutou contra ele e aqueles que nem se aperceberam do que era afinal aquele viver, ou que foram seus cúmplices. Por Helena Pato.

“Exemplos concretos de discriminação de comunidades ciganas, como o que identificamos no concelho de Ovar, com cenários habitacionais e sociais, indignos e desumanos, continuam teimosamente a não merecer a atenção dos autarcas e dos governos” - Foto de José Carlos Lopes

Contrapor às campanhas anticiganos efetivas estratégias nacionais de integração

20 de Agosto, 2019 - 15:23h

Políticas xenófobas de segregação de um povo perseguido e escorraçado durante séculos, que a vingarem impunemente, representariam mais um repugnante retrocesso civilizacional em pleno século XXI. Por José Lopes.

Páginas

TV.Esquerda

3048281445279198

Raquel Azevedo trabalhava num call center do Porto onde mesmo depois do início da pandemia e apesar de ter havido casos positivos de Covid-19, os patrões se recusavam a por os funcionários em teletrabalho. Durante o período de lay-off, a Raquel e outros colegas que iriam entrar para os quadros da empresa no início de junho, foram despedidos