Está aqui

A Worten pode ir à falência em Espanha

A empresa do grupo Sonae acumulou perdas 340 milhões de euros no pais vizinho, onde mantém 49 lojas. Segundo a empresa de auditoria PwC, citada pelo jornal espanhol Cinco Días, a Worten está próxima da dissolução em Espanha.
Loja da Worten em Albufeira.
Loja da Worten em Albufeira. Fonte: Kolforn/wikicommons.

A cadeia de lojas de eletrodomésticos e material eletrónico do grupo Sonae está com graves problemas no país vizinho. O jornal espanhol Cinco Días revelou esta sexta-feira um relatório da consultora PwC em que se mostra que a empresa acumulou perdas de 340 milhões de euros em Espanha. Só em 2018, os prejuízos foram de 26 milhões, um crescimento de 23%.

A Worten conta com 49 lojas neste país. Fechou nove o ano passado. Em 2008 comprou a cadeia Boulanger. Mas, desde então, contabilizam-se milhões em prejuízos e, diz a consultora, o seu património está agora reduzido “a um valor inferior a metade do valor do capital social”. Daí que a PWC conclua que há uma “incerteza material” e “dúvidas significativas” que fazem com que a empresa esteja próxima da dissolução.

A empresa tentou, no final de 2018, reverter o caminho através de uma injeção de capital de 25 milhões de euros e um novo plano de negócios. A PwC diz que os fundamentos deste plano lhes foram ocultado e que a situação até se agravou no primeiro semestre de 2019.

Termos relacionados Sociedade
(...)