Está aqui

Utentes de Santarém terão desconto nos passes para Lisboa

A Área Metropolitana de Lisboa e a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo chegaram a acordo para que os utentes de dez concelhos de Santarém possam usufruir de passes mais baratos nas suas deslocações pendulares para a capital.
Foto de Paulete Matos.

“Está definido que, para 2019, a AML vai comparticipar com até 200 mil euros os passes dos utentes do Oeste e, para a Lezíria, com até 90 mil euros”, afirmou à agência Lusa Carlos Humberto Carvalho, do Conselho Metropolitano de Lisboa.

A reunião desta quinta-feira serviu para preparar o contrato de delegação e partilha de competências tarifárias entre aa AML e a CIM da Lezíria, que abrange dez concelhos do distrito de Santarém — Almeirim, Alpiarça, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém — e o da Azambuja, no distrito de Lisboa.

Com este acordo, cabe agora à Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo negociar com os operadores de transportes a organização de todos os aspetos práticos para o desconto nos passes. Esta CIM já tinha anunciado que a redução do tarifário nos seus transportes públicos teria início em maio, para a qual vai aplicar um milhão de euros, ou seja, a verba total que lhe coube no âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária.

A redução no preço dos passes foi uma reivindicação dos utentes de muitos dos concelhos do distrito de Santarém, que diariamente se deslocam para trabalhar na Área Metropolitana de Lisboa e não quiseram ficar excluídos da redução histórica do preço dos passes.

Quem já alcançou um acordo com a Área Metropolitana de Lisboa no final do mês passado foi a Comunidade Intermunicipal do Oeste , onde os descontos nas viagens para os concelhos da AML entraram em vigor no princípio de abril para quem vive nos concelhos de  Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras. Aqui, a verba envolvida para a redução das tarofas foi de 1.4 milhões de euros.

Termos relacionados Sociedade
(...)