Está aqui

Urgência do hospital do Barreiro sobrelotada

Nos últimos dias, o serviço de urgência do hospital do Barreiro tem estado sobrelotado, com o dobro dos doentes em observação em relação à sua capacidade. A informação é da Ordem dos Enfermeiros e profissionais da unidade.
Fotografia: Paulete Matos
Fotografia: Paulete Matos

Segundo a agência Lusa, Sérgio Branco, presidente da secção regional Sul da Ordem dos Enfermeiros, o serviço de observação da urgência, cuja capacidade máxima é de 28 doentes, teve, na manhã de quinta-feira, mais de 60 doentes. A agência afirma ainda que a administração do Centro hospitalar Barreiro Montijo reconhece que o serviço de urgência tem estado “sob muito marcada pressão assistencial no contexto da época de contingência de inverno”.

Segundo a secção regional Sul da Ordem dos Enfermeiros, esta pressão na urgência do Barreiro também se deve a Almada e Setúbal terem chegado, pelo menos na passada quarta-feira, chegado a travar a entrada de doentes enviados pelo Centro de Orientação dos Doentes Urgentes (CODU) do INEM. A Ordem revela ainda que os enfermeiros estão preocupados com a qualidade dos serviços prestados.

Termos relacionados Sociedade
(...)