Está aqui

Trabalhadores protestam contra a precariedade na RTP

Esta segunda-feira, dezenas de trabalhadores juntaram-se à porta da RTP, em Vila Nova de Gaia, protestando contra as condições precárias promovidades pela estação.
Fotografia: Fernando Veludo/Lusa
Fotografia: Fernando Veludo/Lusa

O protesto juntou jornalistas e técnicos que trabalham há anos em regime de colaboração com a RTP, não tendo qualquer vínculo contratual.

Nélson Silva, membro da subcomissão de trabalhadores da RTP Porto, denunciou à agência Lusa as insuficiências da empresa. O PREVPAP permitiu que 130 jornalistas precários conseguissem um vínculo na RTP e na RDP, mas há mais 261 casos de necessidades permanentes que “ parecer negativo do conselho de administração da RTP”, trabalhando por isso de forma precária com a estação televisiva.

Termos relacionados Sociedade
(...)