Está aqui

Trabalhadores da Galiza recebem salário na íntegra

É a primeira vez em vários anos que isso acontece. Anteriormente, o salário era pago em três prestações. A patroa tinha tentado retirar stock e equipamentos da empresa, mas foi travada pela polícia e trabalhadores, que mantêm abertas as portas do espaço desde então.
Trabalhadores da Galiza recebem salário na íntegra

Os trabalhadores da Cervejaria Galiza, na cidade do Porto, organizaram-se e impediram que esta encerrasse. A patroa da Galiza tinha feito uma gestão danosa e preparava-se para esvaziar o local durante a noite, sem informar os trabalhadores. Desde então, são os trabalhadores que gerem o espaço.

Agora, pela primeira vez em dez anos, os trabalhadores da Cervejaria Galiza receberam o seu salário na íntegra. Até então, este era sempre pago em três tranches. Desde 12 de novembro, os trabalhadores já receberam o salário de outubro, o subsídio de natal e agora o salário do mês de novembro.

Graças a uma onda de solidariedade para com a organização destes trabalhadores, a Cervejaria Galiza está a faturar muito mais que o habitual e tornou-se assim possível regularizar a situação salarial da equipa.

No próximo dia 6 de dezembro terá lugar uma reunião com estes trabalhadores e sindicatos no Ministério do Trabalho. Nela estarão também presentes a Segurança Social, o IAPMEI e o IEFP. O objetivo dos trabalhadores passa por encontrar uma solução que garanta os seus postos de trabalho e a viabilização da Cervejaria.

Em 2011, um gestor da Cervejaria Galiza deu início a um desfalque que veio a atingir o valor de cerca de dois milhões de euros. Este montante foi desviado de impostos que deviam ter sido pagos e de contribuições para a segurança social que ficaram em falta.

Os trabalhadores tiveram conhecimento do desfalque em 2015, altura em que começaram a receber regularmente o seu salário em três prestações. Em 2016 teve início o ‘Processo Especial de Revitalização’ e os trabalhadores viram os seus salários congelados, na suspensão da lei e o surgimento de um consultor nomeado pela patroa que alterou regras, preços, qualidade dos produtos, e horários praticados na empresa. O resultado foi a diminuição drástica da faturação do estabelecimento comercial.

Termos relacionados Sociedade
(...)