Está aqui

Recandidatura de Guterres à ONU é "uma boa notícia", diz Catarina

A coordenadora nacional do Bloco saúda a recandidatura e espera que António Guterres “seja ouvido” nas questões ambientais e na situação das vacinas.
Foto de Dean Calma / IAEA | Flickr

Portugal oficializou esta quarta-feira o apoio à recandidatura de António Guterres a secretário-geral da ONU por um mandato de mais cinco anos.

O primeiro-ministro endereçou um documento ao presidente da Assembleia-Geral da ONU e à presidência do Conselho de Segurança, que está sob responsabilidade do Reino Unido. O documento refere-se à "liderança firme” de António Guterres nos últimos cinco anos “particularmente difíceis”.

Catarina Martins, coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, à margem das declarações após a reunião com o Presidente da República, considerou o anúncio “uma boa notícia”, já que “António Guterres, enquanto secretário-geral da ONU, tem sido uma voz preciosa em tempos muitos difíceis”.

A dirigente do Bloco espera que Guterres “seja ouvido” nas matérias ambientais, tal como na questão das vacinas e da crise pandémica.

Termos relacionados Política
(...)