Está aqui

PT formaliza candidatura de Lula às presidenciais

Caberá agora ao Tribunal Superior Eleitoral provar que Lula não reune os critérios de acordo com a lei da "ficha limpa". Ex-Presidente continua a liderar todas as sondagens, estando muito à frente de qualquer outro candidato. Fernando Haddad será o "plano B" do Partido dos Trabalhadores.
PT formaliza candidatura de Lula às presidenciais
Milhares de pessoas sairam hoje à rua na capital do Brasil para manifestar apoio à candidatura do ex-Presidente. Foto de rickycifuentes/Twitter.

O Partido dos Trabalhadores (PT) formalizou hoje a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A noticia foi oficializada na página oficial no Twitter do ex-Presidente do Brasil. 

Umas horas antes, milhares de militantes do PT, integrantes de grupos como o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra e organizações quilombolas e demais apoiantes de Lula tinham marchado na capital do país em direção ao Tribunal Superior Eleitoral. Uma vez chegados ao destino, colocaram faixas de apoio a Lula e à sua candidatura em frente ao tribunal eleitoral do Brasil. 

Lula da Silva continua a liderar todas as sondagens de intenção de voto para as presidenciais do Brasil. O ex-presidente apresenta um terço das intenções de voto, o dobro de qualquer outro candidato.  As eleições para a presidência terão lugar em outubro. 

O principal obstáculo à candidatura de Lula é justamente uma lei aprovada durante o governo do PT, a lei da “ficha limpa”. Porém, como Lula da Silva não foi condenado em segunda instância em nenhum dos processos pelos quais está indiciado, caberá aos juízes do tribunal provar que o ex-Presidente não tem “ficha limpa”.

No caso de rejeição da candidatura, o PT apresentará Fernando Haddad como candidato à presidência. Em qualquer dos casos, a candidata a vice-Presidente será Manuela d’Ávila, do Partido Comunista do Brasil. 

Termos relacionados Internacional
(...)