Está aqui

PSD festejou vitória com ataque ao DN/Madeira

A noite eleitoral que deu a última maioria absoluta a Alberto João Jardim ficou marcada pelo ataque à sede do Diário de Notícias da Madeira, protagonizada pelo deputado que é líder da JSD/Madeira.
Vídeo do DN Madeira mostra a passagem do autocarro com os insultos do deputado que lidera a JSD.

A confirmação da vitória do PSD com maioria absoluta, que ainda assim representa o pior resultado do partido de Jardim nas Regionais, levou a caravana do PSD a percorrer o centro do Funchal. Ao passarem junto à sede do Diário de Notícias da Madeira, foram disparados três "very lights" para a entrada do edifício, confirma o site do jornal.

"O fumo fez disparar o alarme de incêndio do edifício, enquanto isso elementos do PSD e da JSD cantavam "nós só queremos o DIÁRIO a arder"", relata o DN/Madeira.

A incitar à violência de microfone em punho estava José Pedro Pereira, líder da JSD/Madeira e deputado na Assembleia Regional, enquanto gritava "filhos da puta olé", sendo seguido por um coro de apoiantes. Este deputado é o mesmo que em Julho foi acusado de urinar para o capot duma viatura da PSP, chamada a uma discoteca por causa de distúrbios. Mais tarde negou tê-lo feito, dizendo que apenas se acusara para proteger um amigo.

Já nesta campanha, José Pedro Pereira esteve de novo envolvido em desacatos, acompanhando a JSD no ataque a um comício do PND. Uma granada de fumo foi lançada para junto dos candidatos e do público que assistia ao início do comício no Mercado dos Lavradores.

Diário de Notícias da Madeira - 9.10.2011

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Política
(...)