Está aqui

Protesto internacional: Democracia sai à rua! a 15 de Outubro

Com o lema “Europa para os cidadãos e não para os mercados”, o movimento espanhol “Democracia Real Ya!” convocou um protesto internacional para dia 15 de Outubro, ao qual se juntarão os movimentos portugueses M12M, Acampadas, entre outros.

O protesto também agendado para Lisboa responde ao desafio que chegou de Madrid, pela plataforma Democracia Real Ya!, a mesma que convocou a manifestação que se verificou na capital espanhola a 15 de Maio e deu origem ao movimentos dos Indignados e ao acampamento nas Puertas Del Sol. Com o lema “Europa para os cidadãos e não para os mercados”, os Indignados espanhóis, e também os gregos, apelam a outros países da Europa e do Mundo a juntarem-se num protesto internacional.

"Razões para sair à rua não vão faltar", disse ao Diário de Notícias João Labrincha, um dos rostos da manifestação de 12 de Março que deu origem ao Movimento 12 de Março (M12M), que, entre outros, organiza o protesto em Portugal. O "programa ambicioso de cortes" e o aumento do IVA sobre o gás e a electricidade são políticas que, segundo Labrincha, vão contra a "vontade expressa de Passos de manter a coesão social".

“O dia 15 de Outubro foi escolhido por ser uma manifestação internacional de solidariedade com Espanha, sendo que há questões transversais aos dois países”, explicou ao Público Paula Gil, uma das organizadoras do protesto “Geração à Rasca”.

Paula Gil esclarece porque Portugal não pode faltar à chamada: “No caso de Portugal, tem havido um claro défice de democracia participativa, nomeadamente com as recentes medidas de austeridade. Estamos a pagar uma dívida sem saber como nem porquê e sem haver uma consulta pública sobre o assunto. Mais uma vez, e de forma injusta, são os mais vulneráveis que vão pagar a crise. Precisamos de imparcialidade na aplicação de medidas para impedir favorecimentos”.

“Num momento como este é preciso haver união para fazermos compreender que a inevitabilidade não é inevitável e que nas medidas que se tomam as pessoas não podem ser pensadas enquanto números”, reforçou Paula Gil.

O protesto já tem uma página no Facebook intitulada “15 de Outubro: a Democracia sai à rua!”, na qual está já a convocatória. O manifesto está ainda em construção.

Os Indignados espanhóis não o poderiam prever mas este protesto coincidirá com um dia particular para Portugal – o dia limite para a entrega do novo Orçamento do Estado que vigorará em 2012.
 

Termos relacionados Sociedade
(...)