Está aqui

Professores e comunidade educativa convocam lutas

Representantes da comunidade educativa anunciaram a convocação de acções de luta em defesa da escola pública: Encontro de professores a 12 de Março no Campo Pequeno; Marcha pela Educação a 2 de Abril com professores, estudantes, trabalhadores não docentes e inspectores de educação.
Plataforma da Educação lança manifesto e convoca acções em defesa da escola pública - Foto de Paulete Matos

O secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, anunciou nesta quinta feira em conferência de imprensa a constituição de uma Plataforma da Educação e apresentou o Manifesto 'Investir na educação, defender a escola pública!'. O manifesto é subscrito por 16 organizações da comunidade educativa, envolve professores, encarregados de educação, estudantes, auxiliares de educação e psicólogos e visa defender a educação, a escola pública e combater o corte de 800 milhões de euros no orçamento da educação, que porá em risco o emprego de cerca de 40 mil professores.

As acções convocadas são: um encontro de professores no dia 12 de Março no Campo Pequeno em Lisboa; greve dos professores às horas extraordinárias a partir de 1 de Março; Marcha da Educação no dia 2 de Abril em Lisboa.

Mário Nogueira declarou na conferência de imprensa "nasce aqui hoje uma nova plataforma de educação que irá alargar-se" e explicou: “O que nos juntou foi a grande preocupação com os fortíssimos cortes orçamentais e políticas muito negativas que terão um forte impacto na organização das escolas e seu funcionamento”. Mário Nogueira considera que a manter-se o actual rumo, a educação será conduzida para “um beco sem saída”.

A Plataforma da Educação envolve as seguintes organizações: FENPROF (Federação Nacional dos Professores), ASPL (Associação Sindical de Professores Licenciados), FENEI (Federação Nacional do Ensino e Investigação), PRÓ-ORDEM (Associação Sindical dos Professores Pró-Ordem), SEPLEU (Sindicato dos Professores e Educadores Licenciados pelas Escolas Superiores de Educação e Universidades), SINAPE (Sindicato Nacional dos Profissionais de Educação), SIPE (Sindicato Independente de Professores e Educadores), SIPPEB (Sindicato dos Professores do Pré-Escolar e do Ensino Básico), SPLIU (Sindicato Nacional dos Professores Licenciados pelos Politécnicos e Universidades),CONFAP (Confederação Nacional das Associações de Pais), CNIPE (Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação), DNAEESB (Delegação Nacional de Associações de Estudantes do Ensino Secundário e Básico), FNSFP (Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública),SIEE (Sindicato dos Inspectores da Educação e do Ensino),SNP (Sindicato Nacional dos Psicólogos), STAL (Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local).

Termos relacionados Sociedade
(...)