Está aqui

Portugal ainda é dos países mais desiguais da UE

Em 2018, a diferença entre os que têm mais e menos rendimentos em Portugal baixou para 5,22 pontos, menos do que os 5,7 registados no ano anterior. Ainda assim, o país continua a ser o sexto país com maior desigualdades na União Europeia.
Fotografia de Paulete Matos
Fotografia de Paulete Matos

A conclusão vem do gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), o Eurostat, após uma investigação que tem por base 20% dos rendimentos mais altos e 20% dos mais baixos da população em toda a UE.

Portugal encontra-se apenas atrás da Bulgária (7,66), da Roménia (7,2), da Letónia (6,8), de Espanha (6,03) e da Grécia (5,5). Os países com menos desigualdades são a República Checa e a Eslovénia (3,4 em ambos), a Finlândia (3,5), a Eslováquia (3,5) e a Bélgica (3,8).

Em 2017, o valor registado em Portugal (5,7) também ficou acima da média comunitária (5,2), não havendo dados sobre a média de 2018.

Termos relacionados Sociedade
(...)