Está aqui

Petrobras paga o dobro dos dividendos a pedido de Bolsonaro

A petrolífera brasileira pagará cerca do dobro do que as maiores empresas do mundo do setor, acima dos lucros que obteve, depois do governo brasileiro lhe pedir para o fazer.
Petrobras. Foto de Bruno Covas/Flickr.
Petrobras. Foto de Bruno Covas/Flickr.

O mês passado, o governo de Bolsonaro pediu às empresas estatais para aumentarem os dividendos de forma a investir o dinheiro em programas federais, num contexto em que o atual presidente brasileiro não aparece como favorito nas sondagens para as próximas presidenciais. A petrolífera Petrobras cumpriu e anuncia agora que vai distribuir 17 mil milhões em dividendos.

O valor distribuído pela empresa brasileira no segundo trimestre do ano surge num momento em que as principais petrolíferas mundiais anunciaram também que iriam pagar dividendos de valores recorde. Só que a Petrobras supera-as em duas vezes mais. Exxon Mobil, a Chevron, a Shell, Total e BP distribuirão entre 4 a 7,6 mil milhões de dólares.

Para seguir as orientações governamentais, a empresa estatal vai distribuir 60% mais de dividendos do que o lucro anunciado (10,5 mil milhões).

O pagamento de dividendos vai ser feito antes da primeira volta e, de acordo com a Reuters, os críticos do presidente dizem que ele tenta aumentar as possibilidades de reeleição “atropelando medidas de investimentos em curto prazo”.

Termos relacionados Internacional
(...)