Está aqui

A partir de sábado há novas regras para pagamentos bancários

Acesso às contas bancárias deixa de ser exclusivo dos bancos. As cadernetas deixam de poder ser usadas para levantamentos, enquanto os cartões de débito e crédito apenas com banda magnética e sem chip deixam de servir para pagamentos.
A partir de sábado há novas regras para pagamentos bancários
Foto de Paulete Matos.

É já este sábado que entra em vigor uma diretiva europeia sobre serviços de pagamentos que conduzirá a um aumento das medidas de segurança.

Entre as mudanças está o fim do uso das cadernetas bancárias para levantamento de dinheiro e o uso das bandas magnéticas dos cartões de débito e crédito, tornando-se o chip o único método utilizado. Também os cartões-matriz deixarão de servir, pois o acesso à conta bancária online ou através do smartphone necessitará de uma medida extra de segurança: o envio de uma SMS com um código será a nova medida adicional de segurança. 

A extinção do pagamento com cartões de banda magnética não se aplica, porém, aos cartões-refeição e aos cartões pré-pagos, uma vez que o seu uso se destina a pagamentos de compras e serviços definidos previamente e limitados.

Continuará, pelo menos temporariamente, a ser permitido pagar compras e serviços online com o número e dígitos de segurança de um cartão de crédito. “Os reguladores bancários vão ainda definir durante quanto tempo vai ser possível o uso do cartão de crédito para pagamentos online com uma segurança mais baixa. Mas tudo aponta para que dentro de um ano a 18 meses mude o uso dos cartões de crédito no mundo online”, explica hoje o Diário de Notícias.

Outro serviço que não sofrerá alterações é o pagamento contactless (pagamento sem necessidade de códigos) de compras de pequeno valor, tal como o serviço Via Verde e os cartões MB Way. 

Com esta nova diretiva o acesso às contas dos clientes para obtenção de informação sobre contas e fazer pagamentos deixa de estar limitado aos bancos, podendo ser acedido agora por outras entidades - bastando para isso que o cliente autorize.

Termos relacionados Sociedade
(...)