Está aqui

Obra de João Martins Pereira disponível online

O Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra disponibilizou online a bibliografia de João Martins Pereira, estudioso da história do capitalismo português e um dos intelectuais de referência para a esquerda desde os anos 60.
Bibliografia de João Martins Pereira está disponível no site do Centro de Documentação 25 de Abril

“Ao longo da vida, João Martins Pereira teve sempre uma intervenção muito grande nos planos profissional e cívico”, afirmou Rui Bebiano, realçando que o engenheiro, falecido com 76 anos, em 2008, produzia “um tipo de reflexão assumidamente política e descomprometida” dos partidos.

As obras que fazem agora parte deste arquivo para consulta aberta na internet incluem livros como “Pensar Portugal Hoje” (1971), “Indústria, Ideologia e Quotidiano” (1974), "O Socialismo, a transição e o caso português", “No Reino dos Falsos Avestruzes” (1983) ou "O Dito e o Feito" (1986).

João Martins Pereira foi secretário de Estado da Indústria do 4º Governo provisório, com o ministro João Cravinho e colaborou com a gestão das nacionalizações. Demitiu-se em divergência com a política do governo e a sua incapacidade de criar um novo impulso económico em resposta à crise desses anos.

“É alguém que nunca deixou de refletir sobre Portugal, de forma independente, mas mantendo uma certa ideia de esquerda”, disse o diretor do CD25A. Martins Pereira participou no Movimento de Esquerda Socialista (MES) a seguir ao 25 de abril e interveio na Convenção fundadora do Bloco de Esquerda, em 1999. Foi diretor da "Gazeta da Semana", publicada em 1975 e colaborou com o jornal Combate a partir do fim da década de 80, publicando textos e crónicas mais tarde reunidas no livro "As Voltas que o Capitalismo (Não) Deu".

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)