Está aqui

Novos apoios engrossam manifestação "Que se Lixe a Troika"

Marcha Mundial das Mulheres, CENA, Maré Arco-Irís e Associação José Afonso juntam-se ao apoio e à mobilização para a manifestação "Que se Lixe a Troika, o povo é quem mais ordena", aumentando o número de associações e movimentos que farão parte do protesto.

A Marcha Mundial das Mulheres vai participar na manifestação “Que se Lixe a Troika, o povo é quem mais ordena”. Em Lisboa, o ponto de encontro feminista está marcado para as 15h30 junto ao edifício da PT em Picoas.

No manifesto, que pode ser lido no evento “Em Marcha no Que se Lixe a Troika!”, afirmam que “todos os dias ouvimos falar na "crise" e na "inevitabilidade" da austeridade e todos os dias a sentimos nas nossas vidas, nas nossas casas. A propósito da "crise", criada pelo mundo da finança e aplicada pelos governos a seu mando, já nos mandaram emigrar, já nos chamaram piegas, já disseram que temos vivido acima das nossas possibilidades, já disseram que éramos cigarras...”

“Dizem-nos que é "natural" e "inevitável" termos, por sermos mulheres, muito mais probabilidades de trabalhar na economia informal ou de receber um salário inferior ao que auferiríamos se fossemos homens. Dizem-nos que a violência doméstica é uma fatalidade, afinal quem não sai da relação é porque não quer, se não tem autonomia financeira é porque não quer trabalhar, ou trabalha pouco”.

“A tudo isto respondemos: nada é inevitável. Todas estas situações são fruto de relações de poder, relações de força, interesses, perspetivas e escolhas. Sabemo-lo bem e não nos deixamos enganar.”

A Marcha Mundial das Mulheres apela a todas as pessoas que se juntem à manifestação e que tragam uma peça de roupa lilás.

A Maré Arco-Íris, convocada por várias organizações LGBT - Clube Safo, Bichas Cobardes, Exército de Dumbledore, Grupo Transexual Portugal, Opus Gay e a Não te Prives - marcou a sua concentração para as 14horas na Rua Castilho, junto ao Hotel Tiara Park Atlantic. Antes de integrarem a manifestação no Marquês de Pombal, juntam-se à “Onda Lilás – Em Marcha no Que se Lixe a Troika.”

Associação José Afonso e o sindicato CENA também estarão presentes

O CENA – Sindicato dos Músicos, dos Profissionais, do Espetáculo e do Audiovisual - numa nota publicada no seu site oficial sublinha que “conta com vários professores de ensino artístico entre os seus associados e por isso - estando este ensino especializado em risco -” convocando “todos os profissionais do espetáculo e do audiovisual para a Av. 5 de Outubro em frente ao Ministério da Educação, às 14h, de onde partirá a Maré da Educação, um dos rios que confluirá no Marquês de Pombal”.

A Associação José Afonso também participará na manifestação. “Porque não queremos que o presente dos cidadãos seja condicionado à inevitabilidade do sofrimento, porque não queremos um futuro condenado à tristeza, porque defendemos os sonhos contra a morte, porque lutamos pelo direito à vida contra a simples sobrevivência, porque queremos a terra da fraternidade, estaremos na rua no próximo 2 de Março”, lê-se na nota enviada à comunicação social.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)