Está aqui

No fim de semana duplicou a área ardida desde o início do ano

Nos dois dias do fim de semana duplicou a área que tinha ardido desde o fim do ano e Portugal é, a 21 de julho, o quinto país europeu com mais área ardida em 2019. Ao início da noite estavam ativos oito incêndios florestais.
Bombeiro combate o fogo em Sarnada, Mação, 20 de julho de 2019 – Foto de Paulo Novais/Lusa
Bombeiro combate o fogo em Sarnada, Mação, 20 de julho de 2019 – Foto de Paulo Novais/Lusa

Segundo o “Público”, desde o início do ano tinham ardido em Portugal cerca de oito mil hectares. No último fim de semana, 20 e 21 de julho, a área ardida duplicou, passando para 15.836 hectares. Os dados são do Sistema Europeu de Informação sobre Incêndios Florestais (EFFIS, na sigla inglesa) e incluem apenas os incêndios com mais de 30 hectares.

Também segundo o EFFIS citado pelo “Público”, Portugal é atualmente o quinto país europeu com maior área ardida em 2019, depois de Roménia, Espanha, França e Reino Unido.

Oito incêndios florestais ativos ao início da noite

Ao início da noite estavam ativos oito incêndios florestais, segundo a RTP. Estes fogos eram combatidos por mais de 1.500 bombeiros, apoiados por centenas de viaturas e vários meios aéreos. As áreas de maior preocupação eram Vila de Rei, Mação e Penalva do Castelo, no concelho de Viseu.

Ainda segundo a televisão pública, o número de operacionais a combater estes fogos eram de 1.083 bombeiros, apoiados por 332 viaturas e 16 meio aéreos em Vila de Rei; de 175 bombeiros, 45 viaturas e quatro meios aéreos em Beselga, Viseu e de 107 bombeiros 24 carros e três meios aéreos em Penalva do Castelo.

Segundo a Lusa, o fogo que lavra desde sábado passado nos concelhos de Vila de Rei e Mação está em resolução no concelho de Vila de Rei e “em rescaldo” em 70% do território atingido no concelho de Mação. Às 20 h, o comandante operacional do Agrupamento Centro Norte, Pedro Nunes, disse no posto de comando na Sertã que nos restantes 30% do território atingido no concelho de Mação lavra ainda uma frente repartida.

Notícia atualizada às 22h20

Termos relacionados Sociedade
(...)