Está aqui

Motoristas: greve termina com luz verde para negociar acordo coletivo

Sindicato dos motoristas de matérias perigosas e ANTRAM chegaram a acordo ao início da manhã para o início da negociação de um acordo coletivo, depois de uma longa maratona negocial com a participação do governo.
Foto de Paulete Matos

O anúncio do acordo foi feito esta quinta-feira de manhã pelo ministro das Infraestruturas. A reposição do abastecimento será feita de forma “gradual” nos próximos dias.

O acordo foi alcançado horas depois de outra reunião que acordou o alargamento dos serviços mínimos. “Reunimos com uma parte e com a outra e fomos durante da noite construindo um acordo com o qual as duas partes se sentissem confortáveis e que vai permitir agora a abertura de um processo negocial” que terá início no dia 29 e deverá estender-se até ao fim do ano. “Durante este período temos a garantia das partes de que haverá paz social” anunciou Pedro Nuno Santos.

Pedro Pardal Henriques, o advogado do sindicato, deu os parabéns aos grevistas por terem mostrado ao país as dificuldades em que vivem os motoristas de matérias perigosas. “Hoje é um dia que devem celebrar, pois é um dia que vai marcar o resto das vossas vidas”, afirmou o advogado aos jornalistas.

A garantia de negociação de um acordo coletivo de trabalho para esta classe profissional foi o principal motivo para a desconvocação da greve que durou 72 horas. "Temos consciência de que se continuássemos com esta greve iríamos causar problemas ao país e essa não é a nossa intenção. Sem estes homens o país pára. Mas o país não os conhecia. Agora vão respeitá-los como eles querem ser respeitados",  afirmou o representante do sindicato, que disse confiar na garantia do governo de que as negociações irão decorrer "com tranquilidade".

Em declarações aos jornalistas, o presidente da ANTRAM, Gustavo Paulo Duarte, afirmou que a situação nos postos de combustível só deverá estar totalmente normalizada no início da próxima semana. “Os volumes para os próximos dias não vão ser aquilo que todos esperaríamos”, pois só no turno da tarde desta quinta-feira devem começar a sair camiões para abastecer os postos de combustíveis.

Termos relacionados Sociedade
(...)