Está aqui

Morreu Bruno Ganz (1941-2019)

O ator suíço morreu em Zurique aos 77 anos, vítima de cancro. Ficou célebre por ter desempenhado o papel de Hitler no filme “A Queda”, de Oliver Hirschbiegel.
Bruno Ganz no papel de Hitler no filme "A Queda"
Bruno Ganz no papel de Hitler no filme "A Queda"

Bruno Ganz nasceu em Zurique em 1941 e era detentor do prémio Iffland-Ring, o prémio atribuído há mais de 200 anos ao mais importante ator de teatro de língua alemã.

Entre os seus papéis mais notáveis destacam-se o anjo Damiel em "As asas do desejo" de Wim Wenders, o Professor Rohl em “o Leitor” de Stephen Daldry e Hitler em “A Queda” de Olivier Hirschbiegel.

Foi o protagonista no filme “A Cidade Branca” de Alan Tanner, rodado em Lisboa no início da década de 80, tendo contracenado com a atriz Teresa Madruga, segundo a Lusa.

O seu último filme foi “Radgund” de Terrence Malick, que se encontra em pós-produção.

Foi galardoado com diversos prémios ao longo da sua vida, destacando-se o Leopardo de Ouro do festival de Locarno, em 2011, e o prémio da Academia Europeia de Cinema, em 2010, ambos pelo conjunto da carreira.

Bruno Ganz regressou a Portugal por diversas vezes, para o Festival de Almada e para atuar na Culturgest, onde falou de Goethe, em 2002.

Em 2015 foi um dos convidados de honra do Lisbon & Estoril Film Festival (LEFFEST), para acompanhar a retrospetiva dedicada ao cineasta alemão Wim Wenders.

O deputado José Manuel Pureza publicou, na sua página do facebook, um post sobre o ator falecido:

 

Termos relacionados Sociedade
(...)