Está aqui

Malta autoriza desembarque de 65 migrantes

O Governo de Malta autorizou este domingo o desembarque dos 65 migrantes a bordo da embarcação Alan Kurdi. Estes migrantes foram resgatados na sexta-feira pela organização humanitária alemã Sea Eye. Malta indicou que estas pessoas serão transferidas “imediatamente” para outros países da União Europeia.
Fotografia: Joseph Muscat/Twitter
Fotografia: Joseph Muscat/Twitter

Segundo o primeiro-ministro maltês, Joseph Muscat, esta decisão partiu de um acordo com a Comissão Europeia. Assim, o país irá “transferir os 65 migrantes a bordo do barco para embarcações das Forças Armadas maltesas para que cheguem a um porto maltês”, informou através do Twitter.

Ainda não se adiantou para onde serão transferidos os migrantes. Sabe-se, contudo, por informação de Muscat, que “três pessoas necessitam de assistência médica urgente e serão retiradas de imediato”.

A organização humanitária alemã Sea Eye disse que era preciso, “urgentemente”, um porto onde desembarcar, afirmando ainda que a situação colocava em risco a saúde das pessoas que estavam a bordo.

Termos relacionados Internacional
(...)