Está aqui

Mali: UNICEF denuncia “aumento acentuado” de violações contra crianças

Segundo as Nações Unidas, há um “aumento acentuado” de graves violações contra as crianças no Mali, que serão recrutadas e utilizadas em grupos armados. A UNICEF afirma ainda que morreram “mais de 150 e 75 foram feridas em ataques violentos”.
Fotografia de Paulete Matos
Fotografia de Paulete Matos

“Tem vindo a registar-se, ao longo de 2019, um aumento acentuado de graves violações cometidas contra crianças no Mali, particularmente, no que respeita a mortes e mutilações”, afirmou a UNICEF através de um comunicado.

Os dados preliminares da organização registam mais de 150 crianças mortas no primeiro semestre de 2019 e 75 feridas em ataques violentos. O recrutamento e a utilização de crianças em grupos armados duplicaram em reparação ao período homólogo de 2018. Mais de 900 escolas continuam fechadas devido à insegurança.

“À medida que a violência continua a alastrar-se no Mali, as crianças correm cada vez mais riscos de morte, mutilação e recrutamento por grupos armados”, pode também ler-se no comunicado.

A UNICEF tem trabalhado com as autoridades malianas e parceiros no locais no sentido de prestar assistência médica e ajuda psicossocial a crianças afetadas por conflitos, ao mesmo tempo que apoia o resgate e a reintegração de crianças junto das suas famílias.

A necessidade de protção no norte e no centro do país aumentou à medida que aumentaram as violações graves. Na região de Mopti, o aumento da violência intercomunitária resultou em ataques que conduziram à morte e à mutilação de mutias crianças. Muitas foram separadas das famílias, tendo ainda havido submissão a violência sexual.

A UNICEF prevê que venha a provir apoio médico e psicossocial a mais de 92 mil crianças em 2019 no país.

O Mali encontra ainda um problema de subfinanciamento. Entre 2016 e 2018, o programa da UNICEF para a proteção de crianças em emergências no Mali conseguiu apenas 26% do financiamento necessário. Para 2019, a organização precisa de 4 milhões de dólares para responder às necessidades de proteção de crianças e mulheres só naquele país.

Termos relacionados Internacional
(...)