Está aqui

João Semedo explica saída da coordenação do Bloco

Deputado e dirigente do Bloco trabalhou para a construção de “uma solução apoiada e aprovada por uma super maioria da Mesa Nacional” e afirma estar tranquilo quanto ao futuro desta solução. “Achei, achámos todos que podia deixar a coordenação e a direção política diária do Bloco. O Bloco está mais unido, o bloco está pronto para a luta toda. E eu lá estarei. Como sempre.”
"Limamos muitas arestas, aproximamos posições, conseguimos inovar e renovar. Nunca esse trabalho tinha sido feito no Bloco. Está feito, vai funcionar". Foto de Paulete Matos
"Limamos muitas arestas, aproximamos posições, conseguimos inovar e renovar. Nunca esse trabalho tinha sido feito no Bloco. Está feito, vai funcionar". Foto de Paulete Matos

A seguir, a nota divulgada por João Semedo, na íntegra:

1. Tudo tem um princípio e um fim. Contribui com a Catarina Martins para uma fase difícil da vida do Bloco, o período após a saída do Francisco Louçã, a transição para um Bloco sem fundadores na sua direção, um bloco dirigido por uma outra geração de dirigentes. Esta Convenção – a maior e mais participada de sempre – concluiu essa transição. Foram anos difíceis mas não foram anos perdidos.

2. No final da Convenção fiz um convite para que os dirigentes da nova MN refletissem sobre os resultados e encontrassem uma solução sólida que garantisse unidade da direção e do partido. Esse convite, esse meu apelo, foi escutado e teve uma resposta positiva, favorável. Hoje podemos dizer que esse apelo teve eco e deu ao Bloco uma solução sólida para a sua direção e liderança. O Bloco tem uma nova direção, um novo modelo de coordenação e uma porta-voz, uma solução apoiada e aprovada por uma super maioria da Mesa Nacional. Estou muito satisfeito com isso, estou muito tranquilo quanto ao futuro desta solução, o Bloco sai mais forte e mais unido desta Convenção.

3. Durante a semana trabalhei com outros dirigentes do Bloco, das várias moções, para a construção deste modelo. Limamos muitas arestas, aproximamos posições, conseguimos inovar e renovar. Nunca esse trabalho tinha sido feito no Bloco. Está feito, vai funcionar, sei que a minha participação não é mais necessária para que ele funcione bem. Achei, achámos todos que podia deixar a coordenação e a direção política diária do Bloco. O Bloco está mais unido, o bloco está pronto para a luta toda. E eu lá estarei. Como sempre.

Termos relacionados IX Convenção, Política
(...)