Está aqui

Joana Mortágua é a candidata do Bloco à Câmara de Almada

O plenário concelhio de Almada indicou a deputada do Bloco para a candidatura à autarquia. O deputado municipal Carlos Guedes irá encabeçar a lista à Assembleia Municipal.
Joana Mortágua
Joana Mortágua. Foto Paulete Matos

Tal como em 2013, Joana Mortágua vai liderar a lista do Bloco à Câmara Municipal de Almada. “É uma candidatura Bloco de Esquerda 2.0 para Almada”, declarou ao jornal Público, sublinhando que esta segunda candidatura surge “com mais experiência e maior preparação para a campanha”, mas também com mais jovens nas listas.

Na Assembleia Municipal, o cabeça de lista será o atual deputado municipal Carlos Guedes, seguido por Inês Bom e José António Rocha nos lugares seguintes.  

Quanto à gestão autárquica da cidade, com maioria CDU no executivo, Joana Mortágua afirma que nos últimos anos, apesar da mudança de caras à frente da autarquia, “não houve abertura, manteve-se impermeável aos contributos, à transparência e aos aspectos da democracia participativa. Aproximar a política dos cidadãos é dar-lhes voz e transferir poderes para níveis de decisão mais baixos. É estranho que a câmara continue a recusar fazer um orçamento participativo!”

O desafio que esta candidatura do Bloco, que apresenta Luís Filipe Pereira e Pedro Oliveira como segundo e terceiro candidatos à vereação – fará ao eleitorado almadense será o de “tirar a maioria absoluta à CDU para que o executivo de Almada se abra a uma participação plural da esquerda”, acrescentou Jornal Mortágua.

A candidata bloquista é deputada na Assembleia da República e frequenta um mestrado na ára das Relações Internacionais. Nos últimos anos integrou vários órgãos de direção nacional e da distrital de Setúbal do Bloco de Esquerda, que atualmente coordena.

 

Termos relacionados Autárquicas 2017, Política
Comentários (2)