Está aqui

Israel bombardeia Gaza

O massacre na Palestina continua. O primeiro-ministro israelita encontrou-se com Trump em Washington, onde prometeu uma retaliação “com força”.
Fotografia: commons/wikimedia.org
Fotografia: commons/wikimedia.org

As forças israelitas dizem que o bombardeamento foi feito contra alvos do Hamas na Faixa de Gaza e que respondem a um ataque que atingiu uma casa a norte de Telavive.

Não é comum que os ataques realizados pelo Hamas consigam atingir alvos próximos de Telavive, já que esta fica a mais de 70 quilómetros da Faixa de Gaza. Assim como assim, ainda não houve qualquer reivindicação do ataque.

Netanyahu tinha prometido responder “com força” e anunciou o regresso mais cedo do que o previsto da viagem aos Estados Unidos. A Reuters já citou testemunhas que dizem ter ouvido explosões em Gaza.

Esta segunda-feira, Trump assinou uma declaração em que afirma que os Estados Unidos reconhecem a soberania de Israel sobre os montes Golã, território anexado por Israel após a guerra com a Síria em 1967.

Termos relacionados Massacre em Gaza, Internacional
(...)