Está aqui

Isabel Figueiredo (1943-2023)

Histórica sindicalista dos Correios e antiga dirigente da CGTP com uma vida preenchida pela intervenção cívica e política, Isabel Figueiredo faleceu na sexta-feira. O funeral realiza-se este domingo às 11h30 no cemitério de Benfica, em Lisboa.

Faleceu esta sexta-feira Isabel Figueiredo, histórica sindicalista dos Correios, onde começou a trabalhar na década de 1960 como administrativa do arquivo. Foi delegada sindical e fez parte do Secretariado Nacional do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT) durante nove mandatos, entre 1978 e 1997, ocupando também o cargo de secretária-geral.

Durante estas décadas, manteve uma atividade intensa no seio da CGTP, onde foi formadora de quadros, representante da central na Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego, Coordenadora da Federação das Comunicações e membro do Conselho Nacional da CGTP nas décadas de 1980 e 1990.

A sua militância partidária passou pelo MDP/CDE em 1974 e no PCP a partir do ano seguinte, onde integrou o Secretariado de célula dos CTT e a Direção do Sector Público do partido. Em 2005 adere ao Bloco de Esquerda e dedica-se ao trabalho autárquico, sendo eleita para a Assembleia de Freguesia de Santo Condestável, em Lisboa. A intervenção cívica passou também pela ATTAC a partir de 2002.

A aposentação não afastou o seu interesse e intervenção pela defesa do serviço público de correios. Em 2010, quando o governo PS anunciou a intenção de privatizar os CTT, o Esquerda.net entrevistou-a sobre a importância estratégica da instituição para o país e falou das consequências negativas de uma eventual privatização, que o futuro veio a confirmar.

Em comunicado, a secretária-geral da CGTP rende homenagem à sua memória, "relembrando os sólidos valores que a caracterizavam, a sua determinação e entrega de sempre à luta em defesa dos trabalhadores" e a sua participação "em muitos momentos e iniciativas da vida e da luta dos trabalhadores e da sua Central sindical".

O Bloco de Esquerda e o Esquerda.net endereçam as suas sentidas condolências à família e amigos de Isabel Figueiredo.

O funeral parte este domingo da Igreja de Santo Condestável às 11h para o cemitério de Benfica, onde o enterro terá lugar às 11h30.

Termos relacionados Política
(...)