Está aqui

Início da Ecopista do Dão de difícil acesso e sem sinalização

O movimento Santa Comba Dão Insubmissa, ligado ao Bloco de Esquerda, considera que esta ecopista tem a capacidade para ser um dos motores de desenvolvimento turístico sustentável do concelho. Mas para isso deve ser segura e de simples acesso. 
Acesso à Ecopista do Dão, junto à estação ferroviária do Vimieiro. Foto publicada na página de Facebook do movimento Santa Comba Dão Insubmissa.

O movimento Santa Comba Dão deslocou-se ao início da Ecopista, junto à estação ferroviária do Vimieiro, comprovando no local que existem constrangimentos no acesso a esta estrutura e falta de sinalização.

De acordo com os bloquistas, o início da Ecopista do Dão encontra-se “num estado lastimável, impossível de percorrer com as bicicletas e com grande dificuldade para quem vai a pé, o que dificulta claramente o seu acesso”.

Acresce que a falta de sinalização representa mais um obstáculo para a sua utilização, tanto dos munícipes, como de quem visita local.

O movimento Santa Comba Dão Insubmissa considera que “já houve mais do que tempo para melhorar o acesso à Ecopista junto da estação ferroviária do Vimieiro, reduzir o seu declive e colocar um tapete que seja seguro para quem a utiliza”.

No comunicado de imprensa enviado ao Esquerda.net, e publicado na página de Facebook do movimento, é referido que não é a primeira vez que esta situação é denunciada pelo Bloco. 

Sublinhando que a Ecopista do Dão “tem a capacidade para ser um dos motores de desenvolvimento turístico sustentável do concelho, podendo criar iniciativas, eventos e ações à volta desta estrutura”, o movimento Santa Comba Dão Insubmissa alerta que, para isso, deve ser “segura e de simples acesso”. 

No final do documento, uma interrogação: “Afinal, e com as condições atuais, alguém sabe onde começa a Ecopista do Dão?".

Termos relacionados Política
(...)