Está aqui

Iémen: Ataque aéreo mata dezenas

Dezenas de pessoas morreram na sequência de um ataque aéreo no Iémen. Uma das bombas lançadas caiu numa camioneta, vitimando várias crianças. Maioria das vítimas tem menos de 10 anos.
Fotografia: Twitter/@UNHumanRights
Fotografia: Twitter/@UNHumanRights

O ataque aéreo atingiu Saada, capital do Iémen. Uma das bombas caiu exatamente em cima de uma camioneta no mercado de Dahyan. A confirmação é do Comité Internacional da Cruz Vermelha.

Ainda não há dados sobre o número exato das vítimas. Contudo, Abdul-Ghani Nayeb, chefe do departamento de saúde de Saada, já contabilizou 43 mortos e 61 feridos. Johannes Bruwer, que lidera a delegação da Cruz Vermelha no Iémen, também confirma que a maioria das vítimas tem menos de 10 anos.

O ataque foi levado a cabo pela coligação liderada pela Arábia Saudita contra os rebeldes do norte do país. Esta coligação é apoiada pelos Estados Unidos.

Riad divulgou um comunicado em que informou que o bombardeamento visava atingir os lançadores de mísseis que haviam atingido Jizan, cidade saudita, na quarta-feira à noite. Face aos resultados, acusou os houthis, que têm apoio iraniano, de usarem crianças como escudos humanos.

Esta luta entre o regime sunita e os rebeldes hutis, xiitas, que controlam grande parte do norte do Iémen, tem o Iémen como palco há mais de três anos.

O governo, exilado desde 2014, é apoiado pela Arábia Saudita e pelos seus aliados sunitas. Por sua vez, os hutis são apoiados pelo Irão.

Termos relacionados Internacional
(...)